Hugo Chávez em Seu Labirinto: O Movimento Bolivariano e a Política na Venezuela, livro de Flavio da Silva Mendes

Hugo Chávez em Seu Labirinto: O Movimento Bolivariano e a Política na Venezuela

editora: ALAMEDA
A VENEZUELA DE CHÁVEZ tem sido tema constante na grande imprensa brasileira, geralmente em matérias de tom depreciativo a seu governo. Já os partidários do presidente ocupam espaço em publicações alternativas, raramente com alguma crítica de fundo ao"socialismo bolivariano". Contudo, ainda são poucas as análises aprofundadas sobre o assunto. Este livro vem preencher uma lacuna nos estudos brasileiros sobre a América Latina. Com base em ampla bibliografia e numa pesquisa de campo que envolveu longa visita à Venezuela, o autor explica com clareza, talento e competência as origens sociais e po... [Leia mais]
R$ 42,50
preço de capa: R$ 52,00
economia de: R$ 9,50 (18%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$14,17 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
A VENEZUELA DE CHÁVEZ tem sido tema constante na grande imprensa brasileira, geralmente em matérias de tom depreciativo a seu governo. Já os partidários do presidente ocupam espaço em publicações alternativas, raramente com alguma crítica de fundo ao"socialismo bolivariano". Contudo, ainda são poucas as análises aprofundadas sobre o assunto. Este livro vem preencher uma lacuna nos estudos brasileiros sobre a América Latina. Com base em ampla bibliografia e numa pesquisa de campo que envolveu longa visita à Venezuela, o autor explica com clareza, talento e competência as origens sociais e políticas do bolivarianismo e do chavismo, seus dilemas e perspectivas. Remonta à ascensão da democracia representativa na Venezuela, após a queda do ditador Pérez Jiménez. Constituiu-se então uma "hegemonia duradoura", fundada economicamente na exploração do petróleo, que permitiu articular diferentes forças sociais e políticas. Ela se baseava no Pacto de Punto Fijo, de 1958, organizado pelos dois partidos mais destacados, a AD e o COPEI. Social- democratas e democratas cristãos revezaram-se no poder até a crise que levaria à eleição de Chávez, que assumiria a presidência em 1999. Para compreender o fenômeno Chávez, Flávio Mendes retoma criticamente o conceito de populismo, que não daria conta da complexidade do tema. Busca a explicação no "processo de crise orgânica que afetou a sociedade venezuelana no início dos anos 1980". A crise de hegemonia fi caria evidenciada na revolta popular de1989, conhecida como Sacudón ou Caracazo. Desse processo social conturbado surgiriam a liderança do tenente-coronel Chávez e o movimento bolivariano. O autor centra-se nos anos 1980 e 1990, mas não recua diante do desafio de pensar o presente, em quea sociedade venezuelana se encontra polarizada entre apoiadores do governo e de uma oposição diversificada, a colocar o país numa situação de impasse. A obra fornece um fio que ajuda o leitor a situar-se no labirinto da Venezuela contemporânea.

Dados Técnicos
Páginas: 302
Peso: 480g
ISBN: 9788579391101