O jogo da reinvenção - Charlie Kaufman e o lugar do autor no cinema, livro de Cecília Sayad

O jogo da reinvenção - Charlie Kaufman e o lugar do autor no cinema

editora: ALAMEDA
assunto:
Diretor de roteiros incorporando sua própria produção, Charlie Kaufman é o tema de O jogo da reinvenção. A partir do final da Segunda Guerra Mundial, a denominação de “autor” cinematográfico passou a designar o diretor, independentemente dele ter produzido o roteiro. Escritor-estrela numa indústria cujos carros-chefes são cineastas ou autores, Kaufman é uma figura tão deslocada quanto os personagens de sua trama.

Charlie Kaufman nasceu em 1958 em Long Island, nos Estados Unidos, e estudou cinema na Universidade de Nova York. Após uma temporada no departamento de circulação do... [Leia mais]
R$ 26,79
preço de capa: R$ 30,00
economia de: R$ 3,21 (11%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$8,93 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Diretor de roteiros incorporando sua própria produção, Charlie Kaufman é o tema de O jogo da reinvenção. A partir do final da Segunda Guerra Mundial, a denominação de “autor” cinematográfico passou a designar o diretor, independentemente dele ter produzido o roteiro. Escritor-estrela numa indústria cujos carros-chefes são cineastas ou autores, Kaufman é uma figura tão deslocada quanto os personagens de sua trama.

Charlie Kaufman nasceu em 1958 em Long Island, nos Estados Unidos, e estudou cinema na Universidade de Nova York. Após uma temporada no departamento de circulação do jornal Star Tribune, em Mineápolis, mudou-se para Los Angeles, na Califórnia. Pouco depois, com a estréia de Quero ser John Malkovich, foi consagrado como escritor “ousado” na indústria cinematográca. Não é de surpreender que Kaufman estréie agora na direção de seu próprio roteiro com Synecdoche, New York.

Existe em Kaufman uma contradição entre o desejo de habitar um outro corpo e a capacidade de falar apenas sobre si mesmo, observado em temas que definem suas parcerias como com Jonze em Quero ser John Malkovich (1999) e Adaptação (2002). O embate entre a clausura e a expansão do eu tensionando em seu próprio corpo resulta em obras como A natureza quase humana (2001) e Brilho eterno de uma mente sem lembranças.

O jogo da reinvenção é uma busca em torno dos processos de criação de Charlie Kaufman. Seja pelas suas alegorias ou pelas criativas formas de seus enredos. O livro de Cecília Sayad promove uma reflexão sobre o espaço inusitado do roteirista cuja obra é caracterizada pela transgressão das normas clássicas, criando um sentido peculiar ligado a sua visão de mundo e a estética de seus filmes.

Sobre a autora

Cecília Sayad (Rio de Janeiro, 1970) é doutora em cinema pela Universidade de Nova York (NYU). Lecionou na Universidade de Chicago, na própria NYU e em Vassar College. É professora no departamento de cinema da Universidade de Kent, na Inglaterra. Suas publicações acadêmicas incluem artigos para Signi.cação: Revista Brasileira de Semiótica e para a coletânea From Camera Lens to Critical Lens (Cambridge Scholars Press). Trabalhou no jornal Folha de S. Paulo entre 1995 e 1999, colaborou para a revista Film Comment e para as publicações eletrônicas Reverse-Shot e Trópico.

Dados Técnicos
Peso: 120g
ISBN: 9788598325729