As cartas de Capistrano de Abreu - Sociabilidade e vida literária na belle époque carioca, livro de Fernando Amed

As cartas de Capistrano de Abreu - Sociabilidade e vida literária na belle époque carioca


R$ 37,75
preço de capa: R$ 49,00
economia de: R$ 11,25 (23%)
editora: ALAMEDA
assunto:
Apenas 1 em estoque.
Descrição
Capistrano de Abreu sempre foi reconhecido como um dos maiores historiadores brasileiros. Mas, para alguns, ele não conseguiu ir tão longe quanto poderia. Apontado certa vez como “grande promessa de historiador”, falhou, na opinião de Hélio Vianna, por não ter feito o que dele se esperava, ou seja, uma grande História do Brasil, a obra-prima que, afinal, não se concretizou.

Neste livro, Fernando Amed estuda um outro aspecto não menos importante da obra do historiador cearense, sua correspondência. Capistrano de Abreu sofreu do mesmo mal que atormentou vários intelectuais brasileiros, o “gigantismo epistolar”. Escritor compulsivo e melancólico, usava as cartas como meio de entender e interpretar o Brasil. Assim, na correspondência com João Lúcio de Azevedo, Mário de Alencar ou Paulo Prado transparecem não apenas angústias existenciais, mas todo um modo de pensar os problemas de um país que entrava na modernidade sem tirar um pé do passado. E, como Capistrano não escreveu a tal História do Brasil, nas cartas podemos perceber muitas das questões que, provavelmente, teria apresentado na síntese tão esperada, caso tivesse dedicado um pouco menos de tempo a abrir envelopes e a escrever longas cartas a seus amigos intelectuais.

Em As cartas de Capistrano de Abreu, seu autor combina o rigor da análise historiográfica com o melhor da abordagem da história intelectual e cultural. Estudo originalíssimo e bem pensado, pois resgata um pensador de nossa história que produziu em suas cartas um volume de textos igual – senão superior – a toda a sua obra publicada.

Sobre o autor

Fernando Amed é mestre em História Social pela FFLCH/USP. Realiza, na mesma universidade, pesquisa de doutorado a respeito das afinidades e distanciamentos existentes entre Capistrano de Abreu e Francisco Adolfo de Varnhagen. É co-autor, juntamente com Plínio Negreiros, de História dos Tributos no Brasil (Nobel, 2000).

Dados Técnicos
Peso: 401g
ISBN: 9788598325316
Google Books Preview