O Precariado. A Nova Classe Perigosa, livro de Guy Standing

O Precariado. A Nova Classe Perigosa


R$ 47,84
preço de capa: R$ 59,80
economia de: R$ 11,96 (20%)
editora: AUTENTICA
Esgotado, mas podemos checar na editora o prazo para reimpressão e em 48h entramos em contato informando-lhe. Que tal? Deixe seu email:
  • Curso livre Marx-Engels - A criação destruidora, livro de José Paulo Netto (org.)

    Curso livre Marx-Engels - A criação destruidora

    José Paulo Netto (org.)

    R$ 15,00
    R$ 10,50


  • Esse É Meu Tipo - Um Livro Sobre Fontes, livro de Simon Garfield

    Esse É Meu Tipo - Um Livro Sobre Fontes

    Simon Garfield

    R$ 49,90
    R$ 39,92


  • Marx - Uma biografia em quadrinhos, livro de Anne Simon, Corinne Maier

    Marx - Uma biografia em quadrinhos

    Anne Simon, Corinne Maier

    R$ 45,00
    R$ 31,50


  • Para entender O Capital: Livros II e III, livro de David Harvey

    Para entender O Capital: Livros II e III

    David Harvey

    R$ 67,00
    R$ 46,90


  • Tempos difíceis, livro de Charles Dickens

    Tempos difíceis

    Charles Dickens

    R$ 58,00
    R$ 40,60


  • Michael Löwy - marxismo e crítica da modernidade, livro de Fábio Mascaro Querido

    Michael Löwy - marxismo e crítica da modernidade

    Fábio Mascaro Querido

    R$ 44,00
    R$ 30,80


  • Técnica e ciência como "ideologia", livro de Jürgen Habermas

    Técnica e ciência como "ideologia"

    Jürgen Habermas

    R$ 44,00
    R$ 36,08


Descrição
Nos anos 1970, economistas neoliberais passaram a defender a ideia de que o crescimento e o desenvolvimento dependiam da competitividade do mercado. A partir daí, a maximização da concorrência e a licença para que os princípios de mercado de trabalho permeassem todos os aspectos da vida moldaram uma nova classe social mundial, emergente e ainda em formação: o “precariado”. O precariado: A nova classe perigosa é uma obra necessária e urgente, que apresenta as características desse novo grupo e oferece aos leitores uma sólida reflexão política e socioeconômica que compreende a nova ordem social global e responde aos anseios dos indivíduos dessa nova classe, que não se sentem ancorados em uma vida de garantias trabalhistas, não possuem empregos permanentes e muitas vezes nem sequer sabem que integram a classe dos precariados. Aqueles que estão no precariado carecem de autoestima e dignidade social em seu trabalho; devem procurar por esse apreço em outro lugar, com sucesso ou não. Se forem bem-sucedidos, a inutilidade das tarefas que são obrigados a fazer em seus empregos efêmeros e indesejáveis pode ser reduzida, na medida em que a frustração de status será diminuída. Mas a capacidade de encontrar a autoestima sustentável no precariado quase sempre é vã. Existe o perigo de se ter uma sensação de engajamento constante, mas também de estar isolado no meio de uma multidão solitária. O resultado é uma crescente massa de pessoas – em potencial, todos nós que estamos fora da elite, ancorada em sua riqueza e seu desapego da sociedade – em situações que só podem ser descritas como alienadas, anômicas, ansiosas e propensas à raiva. O sinal de advertência é o descompromisso político. A esperança consiste em investir na liberdade associativa. “Um livro fundamental.” Noam Chomsky “Compre o livro de Guy Standing, O precariado. Ou pegue de alguém.” John Harris, The Guardian O precariado, termo criado nos anos 1980 pela combinação do adjetivo “precário” e do substantivo “proletariado”, é uma classe emergente composta por um número cada vez maior de pessoas que levam uma vida de insegurança, entrando e saindo de empregos que conferem pouco significado a suas existências. Este livro trata de responder a cinco questões fundamentais acerca do precariado: O que é essa classe? Por que devemos nos preocupar com seu crescimento? Por que ela está crescendo? Quem está ingressando nela? Para onde está nos levando? Esta última questão é crucial. Guy Standing argumenta que essa classe está produzindo instabilidades na sociedade. Embora seja errado caracterizar os membros do precariado como vítimas, muitos deles se sentem frustrados e revoltados. O precariado é perigoso porque é dividido internamente, o que gera um forte sentimento de aversão para com os migrantes e outros grupos vulneráveis. Sem ação, seus membros podem se deixar influenciar pelos apelos do extremismo político. Para evitar uma “política de inferno”, Guy Standing defende uma “política de paraíso”, na qual a redistribuição e a garantia de renda constroem um novo tipo de Boa Sociedade, em que a atenção aos medos e às aspirações do precariado tornam-se centrais para uma estratégia progressista.

Dados Técnicos
Peso: 458g
ISBN: 9788582172452
Google Books Preview





A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.

Política de troca e devolução: produtos vendidos e enviados pela Livraria 30porcento podem ser devolvidos em até 30 dias após o recebimento do pedido. Para receber o reembolso total, os produtos devolvidos devem estar em condições de novo. Produtos com defeito podem ser devolvidos no prazo de garantia legal solicitados por email em até 30 dias.


Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> AUTONOMIA LITERÁRIA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUFPA
> EDUSP
> ELEFANTE
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann