A Comunidade que Vem, livro de Giorgio Agamben

A Comunidade que Vem


R$ 35,92
preço de capa: R$ 44,90
economia de: R$ 8,98 (20%)
   adicionar ao carrinho
editora: AUTENTICA
assunto:
condição: Livro novo
prazo: Sob encomenda. Envio em 2 dias úteis + frete (grátis nas compras acima de R$149 para todo o Brasil)
  • Criminologia E Subjetividade No Brasil, livro de Cristina Rauter

    Criminologia E Subjetividade No Brasil

    Cristina Rauter

    R$ 37,00
    R$ 29,60


  • O uso dos corpos - Homo sacer, IV, 2, livro de Giorgio Agamben

    O uso dos corpos - Homo sacer, IV, 2

    Giorgio Agamben

    R$ 59,00
    R$ 41,30


  • Homo Sacer: O Poder Soberano e a Vida Nua 1, livro de Giorgio Agamben

    Homo Sacer: O Poder Soberano e a Vida Nua 1

    Giorgio Agamben

    R$ 42,00
    R$ 33,60


  • Liberalismo. Entre Civilização E Barbarie, livro de Domenico Losurdo

    Liberalismo. Entre Civilização E Barbarie

    Domenico Losurdo

    R$ 35,00
    R$ 28,00


  • Metropole Corporativa Fragmentada, livro de

    Metropole Corporativa Fragmentada

    R$ 26,00
    R$ 18,20


Descrição
Em A comunidade que vem Giorgio Agamben lê, com releitura, uma constelação de conceitos e empreende, assim, um mapeamento deles, inserindo-os no tríplice registro do levantamento, da pesquisa e do exame. Agamben define seu livro de 1990 como uma reflexão sobre as relações entre essência e existência, entre quid est e quod est, gerada tanto pela nona seção de Ser e Tempo dedicada à negatividade, quanto pela proposição 6.44 do Tractatus Logico-Philosophicus de Wittgenstein, que diz: “o que é místico não é como o mundo é, mas que ele seja”. O livro, portanto, pode ser lido como uma reflexão sobre o Irreparável, ou em outras palavras, sobre a incontornável condição profana do mundo. Não é fortuito que, para tanto, Agamben adote a fórmula do inventário. A comunidade que vem poderia ser vista como a releitura, feita pelo próprio Agamben, de seu método arqueológico. Mas, aviso aos navegantes: a comunità de Agamben não significa a comunidade nem mesmo o comunismo, o comunitarismo. Che viene também não quer dizer futura. Quer dizer inoperante e decreativa. Impolítica. Algo que está sempre chegando, no meio de uma coletividade e é, justamente, porque nunca acaba de chegar por inteiro, que ela resiste ao coletivo e até mesmo ao indivíduo. Raul Antelo

Dados Técnicos
Páginas: 104
Peso: 159g
ISBN: 9788582171387
Google Books Preview
Busca por Artigos d'O Benedito
Book GlyphImpressões de Foucault
...ou procura compreendê-las de modo mais profundo. Penso em filósofos como Gilles Deleuze, Giorgio Agamben, Toni Negri, Michael Hardt. Ou em sociólogos como Robert Castel e Jacques Donzelot. No...


Book GlyphHistórias de fantasma – uma leitura sobre a ciência sem nome de Aby Warburg
...ciência, que certa vez ele definiu como “histórias de fantasma para gente grande”. Giorgio Agamben é um dos muitos intelectuais que estudaram em meio às prateleiras da Biblioteca Warburg – a biblioteca...


Book GlyphEstado de Exceção
...ncia e a atualidade da discussão sobre o tema sugerida pelo filósofo italiano Giorgio Agamben, Èlida Gomes de Oliveira pontua: “O título desta obra [Estado de exceção] origina-se...






A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.



Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUSP
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann