No seio do rio - Linhas que casam, que curam e que dançam. Parentesco e corporalidade entre os Mura do Igapó-Açu, livro de Fernando Augusto Fileno

No seio do rio - Linhas que casam, que curam e que dançam. Parentesco e corporalidade entre os Mura do Igapó-Açu

editora: ALAMEDA
O trabalho de Fernando Augusto Fileno tem a capacidade de nos proporcionar uma leitura que é, ao mesmo tempo, precisa e poética. Assim, somos conduzidos em uma viagem na qual as palavras são as canoas que nos levam ao longo do fluxo textual como se estivéssemos navegando pelas águas Mura do Igapó-Açu.

Percebe-se que a forma narrativa é algo fundamental, tanto para o autor quanto para os Mura. A escrita decorre de uma confluência. De um lado a sensibilidade de Fileno e de outro o povo indígena Mura cuja percepção está presente desde a epígrafe com a fala de Seu Agostinho. O text... [Leia mais]
R$ 38,00
preço de capa: R$ 50,00
economia de: R$ 12,00 (24%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$12,67 sem juros.
Apenas 5 em estoque.
Descrição
O trabalho de Fernando Augusto Fileno tem a capacidade de nos proporcionar uma leitura que é, ao mesmo tempo, precisa e poética. Assim, somos conduzidos em uma viagem na qual as palavras são as canoas que nos levam ao longo do fluxo textual como se estivéssemos navegando pelas águas Mura do Igapó-Açu.

Percebe-se que a forma narrativa é algo fundamental, tanto para o autor quanto para os Mura. A escrita decorre de uma confluência. De um lado a sensibilidade de Fileno e de outro o povo indígena Mura cuja percepção está presente desde a epígrafe com a fala de Seu Agostinho. O texto congrega-se, certamente, aos principais estudos sobre os povos Mura, em conjunto com as pesquisas realizadas por Marta Rosa Amoroso e trabalhos recentes como os de Márcia Mura. Pelas linhas os Mura casam, dançam e curam. E também pelas linhas navegam e narram. As possibilidades de tais fluxos são imensas: por elas faz-se comércio, realiza-se rituais, comemora-se. E as linhas são também, e principalmente, as águas. O rio, as águas, o banho com o uso de elementos da cozinha. O banho que serve para tudo, sempre com a água que vem do rio. As águas são também os processos de constituição da pessoa Mura. O primeiro banho, os banhos curadores. O uso das panela, o uso das plantas, o uso dos temperos. E a constituição do coletivo em ciclos de mutualidade e reciprocidade, marcados também por conexões fluviais. Você que lê, sinta-se navegando. E descubra com os Mura que é possível conhecer quem chega apenas pelo som da remada. (Edmundo Peggion)

Dados Técnicos
Páginas: 380
Peso: 450g
ISBN: 9788579395833