Cinismo e falência da crítica, livro de Vladimir Safatle

Cinismo e falência da crítica


R$ 29,40
preço de capa: R$ 42,00
economia de: R$ 12,60 (30%)
editora: BOITEMPO
prazo: Sob encomenda. Envio em 3 dias úteis + frete
Em estoque.
   adicionar ao carrinho
  • São Paulo , livro de Alain Badiou

    São Paulo

    Alain Badiou

    R$ 39,00
    R$ 27,30


  • O Mestre Ignorante - cinco lições sobre a emancipação intelectual, livro de Jacques Rancière

    O Mestre Ignorante - cinco lições sobre a emancipação intelectual

    Jacques Rancière

    R$ 49,80
    R$ 39,84


  • O sujeito incômodo - O centro ausente da ontologia política, livro de Slavoj Zizek

    O sujeito incômodo - O centro ausente da ontologia política

    Slavoj Zizek

    R$ 79,00
    R$ 55,30


  • Manifesto do Partido Comunista, livro de Friedrich Engels e Karl Marx

    Manifesto do Partido Comunista

    Friedrich Engels e Karl Marx

    R$ 4,00
    R$ 3,60


  • Análise da conversação - princípios e métodos, livro de Catherine Kerbrat-Orecchioni

    Análise da conversação - princípios e métodos

    Catherine Kerbrat-Orecchioni

    R$ 29,00
    R$ 23,78


  • O que resta de Auschwitz, livro de Giorgio Agamben

    O que resta de Auschwitz

    Giorgio Agamben

    R$ 42,00
    R$ 29,40


  • Menos que nada - Hegel e a sombra do materialismo dialético, livro de Slavoj Zizek

    Menos que nada - Hegel e a sombra do materialismo dialético

    Slavoj Zizek

    R$ 89,00
    R$ 68,63


Descrição
Um termo genérico e aparentemente pouco preciso ? cinismo ? é o ponto de partida de Vladimir Safatle em Cinismo e falência da crítica para entender as dinâmicas de racionalização que regem as várias esferas de socialização no capitalismo contemporâneo. Para o autor, é possível observar em dimensões relativamente autônomas da vida social uma certa racionalidade cínica, matéria-prima da organização das sociedades capitalistas atuais.

Após a crise das antigas formas de pensar, uma certa estabilidade parece ter se enraizado, tornando dominante na sociedade contemporânea um pensamento único que impede a instauração de novas realidades. Em um contexto de relações sociais pautadas pela atitude cínica, decreta-se a falência de qualquer leitura crítica ou formas diversas de racionalização. Compreender o que o autor chama de ?estabilização? desse estado de decomposição é um dos desafios da obra.

Em Cinismo e falência da crítica, publicado pela Boitempo dentro da coleção Estado de Sítio, o cinismo aparece não somente como uma distorção em relação a princípios morais, mas descreve um descompasso na compreensão da racionalidade como processo de constituição de valores. O cinismo traria consigo a falência de certa forma de crítica social, afinal, em tal regime de ?racionalidade cínica, não é mais possível pensar a crítica como indicação de déficits de adequação entre situações sociais concretas e ideais normativos?, diz Safatle.

Os seis artigos que compõem o volume abordam, a partir dessa perspectiva, temas como dialética, sexualidade, estética e política, resgatando conceitos desenvolvidos por Adorno, Freud, Lacan e Hegel, entre outros pensadores, mostrando que o cinismo se alastrou em todas as esferas do pensamento crítico atual - e que problematizá-lo é preciso.

Sobre o autor
Vladimir Safatle é professor do Departamento de Filosofia da Universidade de São Paulo e um dos coordenadores do Laboratório de Pesquisa em Teoria Social, Filosofia e Psicanálise (Latesfip/USP). Foi professor-visitante das Universidades de Paris VII e Paris VIII. É autor de ?A paixão do negativo: Lacan e a dialética? (Unesp, 2006), ?Lacan? (Publifolha, 2007), organizador de ?Um limite tenso: Lacan e a filosofia? (Unesp, 2003), além de co-organizador de ?Ensaios de música e filosofia? (Humanitas, 2006), ?Sobre arte e psicanálise? (Escuta, 2005) e ?O tempo, o objeto e o avesso: ensaios de filosofia e psicanálise? (Autêntica, 2004).

Sobre a Coleção Estado de Sítio
Coordenação de Paulo Arantes
Sob a inspiração de Walter Benjamin - "A tradição dos oprimidos nos ensina que o `estado de exceção` em que vivemos é na verdade a regra geral. Precisamos construir um conceito de história que corresponda a essa verdade" -, a coleção trata de temas centrais do nosso tempo: crescente autoritarismo do Estado, terrorismo, fundamentalismo e império, relações da televisão e do cinema com o poder e a guerra e conflitos globais.


Dados Técnicos
Peso: 360g
ISBN: 9788575591185
Google Books Preview





A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.

Política de troca e devolução: produtos vendidos e enviados pela Livraria 30porcento podem ser devolvidos em até 30 dias após o recebimento do pedido. Para receber o reembolso total, os produtos devolvidos devem estar em condições de novo. Produtos com defeito podem ser devolvidos no prazo de garantia legal solicitados por email em até 30 dias.


Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> AUTONOMIA LITERÁRIA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUFPA
> EDUSP
> ELEFANTE
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann