Cores de Rosa, livro de Adélia Bezerra de Meneses

Cores de Rosa

editora: ATELIE
“As cores são ações da luz. Ações e paixões”, diz Goethe. E é à reverberação de significados desta frase, antes poética que científica, que se quer vincular o título deste livro de ensaios sobre Grande Sertão: Veredas e alguns contos e novelas de Guimarães Rosa. Efetivamente, num recurso interpretativo, alguns de seus textos, objetos aqui de análise, são colorizados. As cores estão também presentes nas fotografias de Germano Neto, que povoam estas páginas: que essas fotos cumpram sua função de suporte imagético para o mundo do sertão, na sua realidade poética e geográfica – mesmo que saibam... [Leia mais]
R$ 48,21
preço de capa: R$ 60,00
economia de: R$ 11,79 (20%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$16,07 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
“As cores são ações da luz. Ações e paixões”, diz Goethe. E é à reverberação de significados desta frase, antes poética que científica, que se quer vincular o título deste livro de ensaios sobre Grande Sertão: Veredas e alguns contos e novelas de Guimarães Rosa. Efetivamente, num recurso interpretativo, alguns de seus textos, objetos aqui de análise, são colorizados. As cores estão também presentes nas fotografias de Germano Neto, que povoam estas páginas: que essas fotos cumpram sua função de suporte imagético para o mundo do sertão, na sua realidade poética e geográfica – mesmo que saibamos, com Riobaldo, que “sertão: é dentro da gente.”

Sumário
Introdução
1. Grande Sertão: Veredas e a “Psicanálise” de Riobaldo
2. O Quem dos Lugares: A Passionalização da Natureza em Grande Sertão: Veredas
3. “A Hora e Vez de Augusto Matraga” ou de como alguém se torna o que é
4. Erotismo e Transgressão. O Pathos amoroso em “Buriti”
5. “Dãolalalão” ou o Cântico dos Cânticos do Sertão: um sino e seu badaladal
6. Identidade?/?Alteridade?/?Destino: “O Homem do Pinguelo”
7. “O Recado do Morro” ou: um caso de vida e de morte
8. Vermelho, Verde e Amarelo: tudo era uma vez

Adélia Bezerra de Meneses é professora de Teoria Literária na USP e na Unicamp. Pela Ateliê, publicou Desenho Mágico – Poesia e Política em Chico Buarque, Figuras do Feminino na Canção de Chico Buarque, As Portas do Sonho e Cores de Rosa.

Dados Técnicos
Peso: 410g
ISBN: 9788574805276