As estrelas, livro de Eliot Weinberger

As estrelas

editora: EDITORA 34
Cronópio das letras norte-americanas, Eliot Weinberger levou o ensaio literário a terrenos inéditos. Escrito a partir de um convite do MoMA de Nova York e publicado em 2000, As estrelas foram um livro decisivo nesse percurso: em suas breves páginas consumou-se o apagamento das fronteiras entre o ensaio, a ficção e a poesia. Ao mesmo tempo, Weinberger complicava as distinções fáceis entre o próprio (do autor, de sua tradição, de sua cultura) e o alheio (vindo de outros livros, línguas, latitudes, longitudes e convocado por meio de uma citação universal). É assim que uma pergunta formulada no... [Leia mais]
R$ 33,21
preço de capa: R$ 39,00
economia de: R$ 5,79 (15%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$11,07 sem juros.
Apenas 3 em estoque.
Descrição
Cronópio das letras norte-americanas, Eliot Weinberger levou o ensaio literário a terrenos inéditos. Escrito a partir de um convite do MoMA de Nova York e publicado em 2000, As estrelas foram um livro decisivo nesse percurso: em suas breves páginas consumou-se o apagamento das fronteiras entre o ensaio, a ficção e a poesia. Ao mesmo tempo, Weinberger complicava as distinções fáceis entre o próprio (do autor, de sua tradição, de sua cultura) e o alheio (vindo de outros livros, línguas, latitudes, longitudes e convocado por meio de uma citação universal). É assim que uma pergunta formulada nos termos mais simples ("As estrelas, o que são?") desencadeia um turbilhão cintilante de respostas, de definições que rodopiam diante de nossos olhos antes de retornarem, não à pergunta de origem, mas à origem da própria pergunta: a mera, a misteriosa presença das estrelas a nos interpelar no firmamento noturno. As respostas e definições vêm de todas as partes e todos os tempos: de poemas, textos filosóficos, manuais de física, mitologias próximas ou distantes, tradições anônimas e relatos de viagem. Diz o autor que uma única regra de ouro tem vigência neste ensaio sui generis: tudo, aqui, deve provir de fonte documental e verificável. Mas talvez haja ainda uma outra regra, mais secreta: tudo, aqui, deve se apresentar ao leitor em pé de igualdade, em sua comum condição de testemunhos da imaginação humana, ordenados não por hierarquias prévias, mas por um sutil trabalho de composição que beira a música e que é a marca da grande poesia. [Edição bilíngue]

Dados Técnicos
Páginas: 56
Peso: 156g
ISBN: 9788573267334