No campo da honra e outros contos, livro de Isaac Bábel

No campo da honra e outros contos


R$ 45,10
preço de capa: R$ 55,00
economia de: R$ 9,90 (18%)
editora: EDITORA 34
prazo: Postagem em 1 dia útil + frete
Apenas 2 em estoque.
   adicionar ao carrinho
  • O capote e outras histórias, livro de Nikolai Gógol

    O capote e outras histórias

    Nikolai Gógol

    R$ 49,00
    R$ 40,18


  • Rúdin, livro de Ivan Turguêniev

    Rúdin

    Ivan Turguêniev

    R$ 49,00
    R$ 40,18


  • A aldeia de Stepántchikovo e seus habitantes, livro de Fiódor Dostoiévski

    A aldeia de Stepántchikovo e seus habitantes

    Fiódor Dostoiévski

    R$ 59,00
    R$ 48,38


  • Beijo e Outras Histórias, O, livro de A. P. Tchekhov

    Beijo e Outras Histórias, O

    A. P. Tchekhov

    R$ 55,00
    R$ 45,10


  • Malagueta, Perus e Bacanaço, livro de João Antônio

    Malagueta, Perus e Bacanaço

    João Antônio

    R$ 52,00
    R$ 41,60


  • Dublinenses, livro de James Joyce

    Dublinenses

    James Joyce

    R$ 44,90
    R$ 31,43


  • Contos de Sebastopol, livro de Liev Tolstói

    Contos de Sebastopol

    Liev Tolstói

    R$ 60,00
    R$ 42,00


Descrição
Coleção Leste

Tradução de Nivaldo dos Santos

Autor da prosa mais intensa e original da Rússia pós-revolucionária, Isaac Bábel tornou-se conhecido mundialmente a partir da publicação dos contos de O exército de cavalaria, em 1926. Figura enigmática, seu enorme prestígio junto às autoridades do regime soviético não o pôs a salvo da perseguição stalinista: preso em 1939 sob a acusação de "atividades antissoviéticas e espionagem", foi sumariamente fuzilado em janeiro do ano seguinte.

O volume No campo da honra e outros contos, organizado e traduzido por Nivaldo dos Santos, e prefaciado por Boris Schnaiderman, traz narrativas de todas as fases de sua carreira: desde o primeiro conto publicado, em 1913, até o último, intitulado "O julgamento", de 1938. Aqui estão presentes os principais temas de sua obra: relatos da infância vivida na Moldavanka, o bairro judeu de Odessa, histórias de sua juventude aventureira e contos surpreendentes que têm a guerra como pano de fundo.

Dotado de imaginação exuberante e da capacidade de aferir o peso de cada palavra na distribuição justa da frase, a escrita de Bábel parece ter encontrado uma fórmula secreta, incomparável, na qual - nas palavras de Jorge Luis Borges - "a música do estilo contrasta com a quase inefável brutalidade de certas cenas".

Sobre o autor

Isaac Emanuílovitch Bábel nasceu em uma família judaica de Odessa, na Ucrânia, a 13 de julho de 1894. Terminada a escola primária, Bábel ingressou no Instituto Comercial e Financeiro de Kíev - cidade em que se dá sua estreia literária, com a publicação do conto "O velho Shloime" (1913). Em 1915 transfere-se para Petrogrado em busca de emprego. Sua sorte muda quando conhece Maksim Górki, que o ajuda a publicar seus contos e o contrata para colaborar no jornal Novaia Jizn. Com a Revolução de 1917, inicia-se um período de experiências bastante intensas e diversificadas para Bábel: trabalha como tradutor junto à polícia secreta, a Tcheká, da Comuna do Norte, e depois no Comissariado do Povo para a Educação; toma parte nas expedições organizadas pelo governo para requisição de alimentos no campo; e cobre como correspondente de guerra o conflito entre a Rússia e a Polônia - experiência que está na base de seu livro mais conhecido, O exército de cavalaria (1926). Na década de 1930, já um escritor consagrado, consegue uma vida de certo privilégio em meio à tumultuada trajetória de seu país. No entanto, em maio de 1939, com o terror stalinista, foi preso sob a acusação de espionagem e atividades antissoviéticas. Após um julgamento sumário, foi morto por fuzilamento em 27 de janeiro de 1940.

Sobre o tradutor

Nivaldo dos Santos é professor de russo do Centro de Ensino de Línguas da Universidade Estadual de Campinas. Obteve a graduação e o mestrado na área de russo da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Trabalhou como locutor e tradutor na Rádio Estatal de Moscou no final dos anos 1990. Traduziu as novelas Noites brancas, Tarás Bulba, de Nikolai Gógol (Editora 34, 2007), além do romance policial A morte de um estranho, de Andrei Kurkov (A Girafa, 2006).

Dados Técnicos
Páginas: 264
Peso: 330g
ISBN: 9788573265811
Google Books Preview





A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.

Política de troca e devolução: produtos vendidos e enviados pela Livraria 30porcento podem ser devolvidos em até 30 dias após o recebimento do pedido. Para receber o reembolso total, os produtos devolvidos devem estar em condições de novo. Produtos com defeito podem ser devolvidos no prazo de garantia legal solicitados por email em até 30 dias.


Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> AUTONOMIA LITERÁRIA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUFPA
> EDUSP
> ELEFANTE
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann