Horas Perplexas, livro de Reynaldo Damazio

Horas Perplexas

editora: EDITORA 34
Após o lançamento, em 2007, de Baque, de Fabio Weintraub, Sangüínea, de Fabiano Calixto, e Visão do térreo, de Ruy Proença, a Editora 34 traz ao leitor mais dois livros da nova poesia nacional: Como se caísse devagar, de Annita Costa Malufe, e Horas perplexas, de Reynaldo Damazio — ambos contemplados com a Bolsa de Incentivo à Criação Literária da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.

Em Horas perplexas, Damazio apresenta uma poesia introspectiva, de forte caráter existencial, em que o sujeito lírico se mostra esfacelado diante da paisagem inóspita de nossos dias. Propõe... [Leia mais]
R$ 29,64
preço de capa: R$ 34,00
economia de: R$ 4,36 (13%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$9,88 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Após o lançamento, em 2007, de Baque, de Fabio Weintraub, Sangüínea, de Fabiano Calixto, e Visão do térreo, de Ruy Proença, a Editora 34 traz ao leitor mais dois livros da nova poesia nacional: Como se caísse devagar, de Annita Costa Malufe, e Horas perplexas, de Reynaldo Damazio — ambos contemplados com a Bolsa de Incentivo à Criação Literária da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.

Em Horas perplexas, Damazio apresenta uma poesia introspectiva, de forte caráter existencial, em que o sujeito lírico se mostra esfacelado diante da paisagem inóspita de nossos dias. Propõe, a partir daí, indagações sobre o discurso poético, experimentando diversos registros de linguagem, do mais solene ao mais prosaico, e mostra que a poesia ainda é uma das melhores respostas à solidão conflituosa do homem moderno.

Dados Técnicos
Peso: 87g
ISBN: 9788573264159