A Filosofia de Michel Foucault, livro de Esther Dias

A Filosofia de Michel Foucault

editora: UNESP
assunto:
Neste livro, introdução à obra de Michel Foucault, Esther Díaz traça com clareza a trajetória da investigação do filósofo francês, articulando seu pensamento e sua vida, recurso dos mais pertinentes para o momento atual.

Amplamente reconhecida na Argentina, onde esta obra foi editada diversas vezes, a autora assume o olhar retrospectivo de Foucault sobre seu trabalho ao final da vida. Como resultado, leva o leitor a uma ampla percepção acerca dos gra... [Leia mais]
Descrição
Neste livro, introdução à obra de Michel Foucault, Esther Díaz traça com clareza a trajetória da investigação do filósofo francês, articulando seu pensamento e sua vida, recurso dos mais pertinentes para o momento atual.

Amplamente reconhecida na Argentina, onde esta obra foi editada diversas vezes, a autora assume o olhar retrospectivo de Foucault sobre seu trabalho ao final da vida. Como resultado, leva o leitor a uma ampla percepção acerca dos grandes temas que ele problematizou ao longo de quase trinta anos: loucura, doença, trabalho, linguagem, anormalidade, aprisionamento, confissão, sexualidade, técnicas de si, vida.

Outra escolha de Díaz foi orientar-se por uma maneira singular de entender a filosofia de Foucault, no sentido de uma ontologia histórica: ontologia porque o pensador se ocupa dos entes, da realidade, do que ocorre; histórica porque ele reflete a partir dos acontecimentos, de dados empíricos, documentos.

A autora ainda opta por pensar a filosofia de Foucault a partir de Nietzsche, citado ao longo de toda a obra. Ela justifica: “Foucault não somente organiza sua genealogia levando em conta as críticas de Nietzsche à História tradicional, mas também aborda problemáticas trabalhadas especificamente por Nietzsche: a culpa, o castigo, a crueldade, a falta, a lei, a pena, a justiça”. Ela pontua, porém, que, embora faça filosofia a partir de Nietzsche, Foucault pensa para além dele e problematiza novos discursos e práticas para diagnosticar a época contemporânea.

Deleuze e Guattari também perpassam vivamente o livro. Em especial por meio do texto de Deleuze a respeito de Foucault e de cruzamentos com O anti-Édipo, escrito em coautoria com Guattari. Foucault inicia sua própria microfísica a partir da produção desses dois autores, ambos influenciados pelos estudos micropsíquicos de Freud e pelas investigações da mecânica quântica.

Com tais recursos, Díaz traz à tona o enfoque da produção de Foucault, que, como ele enfatizou poucos meses antes de morrer, resulta não do trabalho de um historiador, mas, antes, de um “exercício filosófico”.

Dados Técnicos
Páginas: 220
Peso: 270g
ISBN: 9788539303557