Espelhos deformantes - Fontes, problemas e pesquisas em História Moderna (séculos XVI-XIX), livro de Rodrigo Bentes Monteiro (Org.)

Espelhos deformantes - Fontes, problemas e pesquisas em História Moderna (séculos XVI-XIX)

editora: ALAMEDA
assunto:
O quanto de nós é refletido nos processos históricos? A idéia de um romance ficcional e historicamente possível unificada pela temática das imagens refletidas nos espelhos é o tema dos quatorze estudos de história moderna apresentados neste livro. Realizado a partir das diversas discussões que vão, por exemplo, da conquista da América pelos espanhóis ao tráfico de escravos no Atlântico, ou ainda, das estratégias de ascensão social na corte de D. João V às relações entre judeus e negros no Caribe.

Os espelhos dizem como somos vistos pelos outros, a nossa imagem para o mundo, e... [Leia mais]
R$ 42,13
preço de capa: R$ 56,00
economia de: R$ 13,87 (25%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$14,04 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
O quanto de nós é refletido nos processos históricos? A idéia de um romance ficcional e historicamente possível unificada pela temática das imagens refletidas nos espelhos é o tema dos quatorze estudos de história moderna apresentados neste livro. Realizado a partir das diversas discussões que vão, por exemplo, da conquista da América pelos espanhóis ao tráfico de escravos no Atlântico, ou ainda, das estratégias de ascensão social na corte de D. João V às relações entre judeus e negros no Caribe.

Os espelhos dizem como somos vistos pelos outros, a nossa imagem para o mundo, e registram a intenção do duplo tão usado na literatura. Neste livro há hipóteses como a de Carlo Ginzburg, de que os espelhos deformariam seus objetos, ou a de Umberto Eco em que as diferenças dos reflexos seriam causadas pelas posições dos ângulos. Em Espelhos Deformantes é possível encontrar em fatos históricos muito de nós mesmos e interagir com os “espelhos deformantes” do passado ajustando nossos pontos de vista. Logo, os fatos que ao serem contemplados mediante ao nosso próprio reflexo deixariam de perecer no esquecimento.

Este livro visa contribuir para o estímulo à pós-graduação em História, mediante a leitura de alguns estudos em exercício, com vários fundos documentais e em diferentes estágios de maturação, expondo a dualidade do historiador entre o pesquisador solitário e a difusão do conhecimento coletivo.

Sobre o organizador

Rodrigo Bentes Monteiro é mestre e doutor em História Social pela Universidade de São Paulo. Em 2002 ingressou como professor de História Moderna na Universidade Federal Fluminense. É o autor de O Rei no Espelho. A monarquia portuguesa e a colonização da América 1640-1720 (Hucitec, 2002), e de vários artigos sobre monarquias e idéias de poder. Atualmente dedica-se ao estudo dos folhetos e retratos compilados por Diogo Barbosa Machado. Desde 2006 coordena o núcleo Companhia das Índias.

Dados Técnicos
Peso: 501g
ISBN: 9788598325767