Kierkegaard não era um homem sério! - Sobre alguns alemães, sobre alguns discursos, e sobre a mãe do filósofo, livro de Alvaro L.M. Valls

Kierkegaard não era um homem sério! - Sobre alguns alemães, sobre alguns discursos, e sobre a mãe do filósofo

editora: LIBER ARS
assunto:
Como um gesto de gratidão por décadas de convívio com a Filosofia, com a obra de Søren Kierkegaard e com tantos amigos amáveis e inteligentes (destacando-se a parceria de trabalho com Else Hagelund), devo agora disponibilizar a um eventual público leitor alguns dos resultados das pesquisas dos últimos anos, girando todas elas ao redor do pensamento alegre, vivaz, irônico, em suma, brincalhão, e não apenas profundo e melancólico, do grande escritor ou autor religioso que foi aquele indivíduo de Copenhague, além de filósofo, psicólogo, teólogo e literato. Os temas e o modo de tratamento dos ... [Leia mais]
R$ 52,00
preço de capa: R$ 66,00
economia de: R$ 14,00 (21%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$17,33 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Como um gesto de gratidão por décadas de convívio com a Filosofia, com a obra de Søren Kierkegaard e com tantos amigos amáveis e inteligentes (destacando-se a parceria de trabalho com Else Hagelund), devo agora disponibilizar a um eventual público leitor alguns dos resultados das pesquisas dos últimos anos, girando todas elas ao redor do pensamento alegre, vivaz, irônico, em suma, brincalhão, e não apenas profundo e melancólico, do grande escritor ou autor religioso que foi aquele indivíduo de Copenhague, além de filósofo, psicólogo, teólogo e literato. Os temas e o modo de tratamento dos capítulos, reunidos no presente volume, variam bastante, uns discorrendo academicamente sobre obras e teses filosóficas, outros talvez até abusando de dicionários especializados para por à vista os alicerces e os andaimes da construção de nossas traduções, um reproduzindo simplesmente em nossa língua materna as anotações dos Papirer de Kierkegaard sobre um aparente antípoda, como Schopenhauer, e outro discorrendo sobre o contexto familiar daquele pensador, para, com a ajuda da figura materna, tentar desfazer uma série de preconceitos tolos que ainda persistem em nossa literatura. Uns capítulos discutem as apropriações filosóficas das grandes ideias do universo existencial, por Kierkegaard e dele. Outros textos servem ao objetivo atual de divulgar ideias contidas nas traduções (diretas do dinamarquês) que estão surgindo, no Brasil e em Portugal, nas últimas três décadas. (Alvaro L. M. Valls)

Dados Técnicos
Páginas: 260
Peso: 392g
ISBN: 9788594592026