Racismo e eugenia no pensamento conservador brasileiro: a proposta de povo em Renato Kehl, livro de Weber Lopes Góes

Racismo e eugenia no pensamento conservador brasileiro: a proposta de povo em Renato Kehl

editora: LIBER ARS
Ao contrário do Renascimento e do Iluminismo, manifestações típicas da ascensão cultural burguesa entre os séculos XV e XVIII, a sociologia como ciência positiva fundada mais tardiamente por Augusto Comte - e conceituada mais propriamente como a “concepção científica de mundo” pelos filósofos do Círculo de Viena, em 1929 - não demorou a estender suas influências sobre o Brasil. Uma das questões mais importantes desenvolvidas por Weber Lopes Goés ao longo de sua pesquisa refere-se à vanguarda intelectual exercida pelo médico e sanitarista Renato Kehl na introdução e aplicação das teorias eug... [Leia mais]
R$ 73,31
preço de capa: R$ 86,00
economia de: R$ 12,69 (15%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$24,44 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
Ao contrário do Renascimento e do Iluminismo, manifestações típicas da ascensão cultural burguesa entre os séculos XV e XVIII, a sociologia como ciência positiva fundada mais tardiamente por Augusto Comte - e conceituada mais propriamente como a “concepção científica de mundo” pelos filósofos do Círculo de Viena, em 1929 - não demorou a estender suas influências sobre o Brasil. Uma das questões mais importantes desenvolvidas por Weber Lopes Goés ao longo de sua pesquisa refere-se à vanguarda intelectual exercida pelo médico e sanitarista Renato Kehl na introdução e aplicação das teorias eugenistas europeias – denominadas por ele mesmo como “religião da humanidade” -, aos problemas relacionados à saúde e educação nacional. As causas desse fenômeno talvez possam ser explicadas a partir de duas hipóteses distintas: de um lado, pelo distanciamento que a ciência contemporânea assumiu em relação aos (não menos questionáveis) ideais emancipatórios contidos no programa da modernidade; de outro, pelo desvelamento radical do pragmatismo enrustido no lema baconiano saber é poder na resolução dos conflitos sociais. É justamente devido a completa instrumentalização técnica do conhecimento (sinônimo da crise ou a decadência espiritual que se abate sobre a Europa em finais do novecento) que a ciência pode então se conformar, frise-se, imediatamente, às necessidades arcaicas da formação social brasileira ou, em outras palavras, aos interesses ideológicos de uma elite.

Dados Técnicos
Páginas: 226
Peso: 231g
ISBN: 9788594591258