A superação da metafísica na filosofia de Kierkegaard e de Heidegger, livro de Marcos Érico de Araujo Silva

A superação da metafísica na filosofia de Kierkegaard e de Heidegger


R$ 64,00
editora: LIBER ARS
assunto:
prazo: Postagem em 1 dia útil + frete
Apenas 2 em estoque.
   adicionar ao carrinho
  • O sujeito incômodo - O centro ausente da ontologia política, livro de Slavoj Zizek

    O sujeito incômodo - O centro ausente da ontologia política

    Slavoj Zizek

    R$ 79,00
    R$ 55,30


  • Dois regimes de loucos - Textos e entrevistas (1975-1995), livro de Gilles Deleuze

    Dois regimes de loucos - Textos e entrevistas (1975-1995)

    Gilles Deleuze

    R$ 75,00
    R$ 61,50


  • Cinema 2 - A imagem-tempo, livro de Gilles Deleuze

    Cinema 2 - A imagem-tempo

    Gilles Deleuze

    R$ 68,00
    R$ 55,76


  • O Banquete - Diálogos de Platão, livro de Platão, Carlos Alberto Nunes

    O Banquete - Diálogos de Platão

    Platão, Carlos Alberto Nunes

    R$ 80,00
    R$ 65,60


  • Schopenhauer como educador, livro de Friedrich Nietzsche

    Schopenhauer como educador

    Friedrich Nietzsche

    R$ 38,00
    R$ 31,16


  • O jovem Hegel - e os problemas da sociedade capitalista, livro de György Lukács

    O jovem Hegel - e os problemas da sociedade capitalista

    György Lukács

    R$ 107,00
    R$ 87,17


  • Biopolitica - Críticas, debates, perspectivas, livro de Tomas Lemke

    Biopolitica - Críticas, debates, perspectivas

    Tomas Lemke

    R$ 45,00
    R$ 31,50


Descrição
Marcos Érico de ARAÚJO SILVA convida Kierkegaard e Heidegger como interlocutores para pensar o sentido do filosofar. Para eles, as tonalidades afetivas são as referências primordiais para se compreender a tarefa de filosofar, que exige do filósofo múltiplas elaborações do pensamento que lhes conduzem para variadas colorações do pensar filosófico. Nesse sentido, todo filosofar parte do legado da tradição já consagrada, mas sempre vai mais longe. Na caminhada de ir mais adiante sem perder as referências do passado, todo filósofo se esforça em apresentar tonalidades próprias de seu pensamento. A palavra de ordem é ressignificar. Ofertar novos sentidos à tradição a partir do pensamento dos filósofos ilustres. Não se é filósofo acolhendo e sustentando o pensamento hegemônico. É preciso uma atitude de desconstrução para alcançar o não saber e, desse modo, alçar voou em direção ao saber. Não se faz filosofia sem paixão. É pelos caminhos do páthos do filosofar que Kierkegaard e Heidegger se encontram para colocar as tonalidades afetivas como arché do filosofar. O texto de Marcos Érico nos coloca numa atmosfera em que a filosofia se faz pelo paradoxal ou enigmático e não pelo pensamento claro e distinto. Não se pode filosofar sem o esforço tradutivo de desejar dar sentido ao mundo que nos afeta e que nós o afetamos. É na troca de afetos que nasce a serenidade do pensar filosófico. O enquadre do filosofar não é da estabilidade do pensamento cintilante, mas do abismo caliginoso de nu.

Dados Técnicos
Páginas: 210
Peso: 340g
ISBN: 9788594591227
Google Books Preview





A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.

Política de troca e devolução: produtos vendidos e enviados pela Livraria 30porcento podem ser devolvidos em até 30 dias após o recebimento do pedido. Para receber o reembolso total, os produtos devolvidos devem estar em condições de novo. Produtos com defeito podem ser devolvidos no prazo de garantia legal solicitados por email em até 30 dias.


Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> AUTONOMIA LITERÁRIA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUFPA
> EDUSP
> ELEFANTE
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann