A inconstância da alma selvagem, livro de Eduardo Viveiros de Castro

A inconstância da alma selvagem


R$ 55,93
preço de capa: R$ 79,90
economia de: R$ 23,97 (30%)
   adicionar ao carrinho
editora: UBU EDITORA
assunto:
condição: Livro novo
prazo: Sob encomenda. Envio em 3 dias úteis + frete
  • O surgimento da noite, livro de Pajés Parahiteri

    O surgimento da noite

    Pajés Parahiteri

    R$ 37,90
    R$ 26,53


  • Outras naturezas, outras culturas, livro de Philippe Descola

    Outras naturezas, outras culturas

    Philippe Descola

    R$ 34,00
    R$ 23,80


  • A sociedade contra o Estado, livro de Pierre Clastres

    A sociedade contra o Estado

    Pierre Clastres

    R$ 49,90
    R$ 34,93


  • Sobre o sacrifício, livro de Marcel Mauss, Henri Hubert

    Sobre o sacrifício

    Marcel Mauss, Henri Hubert

    R$ 44,90
    R$ 31,43


  • Sociologia e antropologia, livro de Marcel Mauss

    Sociologia e antropologia

    Marcel Mauss

    R$ 82,00
    R$ 57,40


Descrição
O volume inclui os principais textos que tornaram Eduardo Viveiros de Castro um dos mais influentes pensadores brasileiros da atualidade, no período que vai desde seu mestrado, em 1976, até 2000. Em grande parte centrados nas sociedades amazônicas, os oito ensaios são baseados em artigos publicados que foram selecionados e revistos pelo autor. Do forte diálogo entre a antropologia e a filosofia resultam conceitos-chave da obra do autor, como predação, troca, afinidade potencial e perspectivismo – o qual permite entender como os índios enxergam os animais e a si próprios. A disposição cronológica dos ensaios revela ao leitor o processo de amadurecimento de tais conceitos ao longo da trajetória do autor.

Conforme lembra o antropólogo no prefácio, a antropologia é sempre um exercício de tradução de uma cultura segundo outra. Reconstituir a imaginação indígena nos termos da nossa implicaria, portanto, algumas imprecisões. No entanto, se o exercício é bem feito, atinge-se o ponto em que transformamos o que entendemos em nossos termos em algo cujo significado se aproxima daquilo que os índios entendem nos termos deles. Ou seja, trata-se de um processo onde não somente a imaginação dos povos indígenas está em jogo, mas também a nossa; no qual os conceitos vão se distanciando cada vez mais de seus sentidos usuais e vão tomando novas formas.

Dados Técnicos
Páginas: 480
Peso: 662g
ISBN: 9788592886271
Google Books Preview
Busca por Artigos d'O Benedito
Book GlyphKaari rõ ure etoa: Na floresta se encontra nossa morada
...colocar no mesmo sintagma os termos saber e caçadores nômades”. De acordo com Eduardo Viveiros de Castro, o livro é testemunho da “história de um tempo vivido com os Aché, quando estes...


Book GlyphUm conto, uma peça, um poema
...do mundo, ambas no MAM-SP (2013 e 2016), e, com Eduardo Sterzi, Variações do corpo selvagem: Eduardo Viveiros de Castro, fotógrafo, no SESC Ipiranga (2015). É autora de dez livros de ficção, entre eles Os...


Book GlyphCrítica ecológico-política
...atenção e de deliberação que o Estado confiscou”.   Déborah Danowski e Eduardo Viveiros de Castro, “Há mundo por vir? – Ensaio sobre os medos e os fins” A pergunta do t...






A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.



Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUSP
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TORDESILHAS
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann