Estado e Capital Ferroviário em São Paulo: A Companhia Paulista de Estado de Ferro Entre 1930 e 1961, livro de Guilherme Grandi

Estado e Capital Ferroviário em São Paulo: A Companhia Paulista de Estado de Ferro Entre 1930 e 1961

editora: ALAMEDA
assunto:
A publicação deste livro ocorre em um momento em que o tema sobre o sistema ferroviário nacional vem sendo debatido em diversos fóruns nacionais e internacionais. Desde o debate sobre a viabilidade do TAV (Trem de Alta Velocidade) até as propostas depreservação/restauração do patrimônio ferroviário, a discussão sobre o papel das ferrovias hoje no Brasil vem assumindo uma crescente importância, seja como estratégia de desenvolvimento nacional, seja como uma opção de negócios ao empresariado. Partindo da análise sobre o início do estabelecimento da infraestrutura de transporte terrestre de ... [Leia mais]
R$ 50,25
preço de capa: R$ 69,00
economia de: R$ 18,75 (27%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$16,75 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
A publicação deste livro ocorre em um momento em que o tema sobre o sistema ferroviário nacional vem sendo debatido em diversos fóruns nacionais e internacionais. Desde o debate sobre a viabilidade do TAV (Trem de Alta Velocidade) até as propostas depreservação/restauração do patrimônio ferroviário, a discussão sobre o papel das ferrovias hoje no Brasil vem assumindo uma crescente importância, seja como estratégia de desenvolvimento nacional, seja como uma opção de negócios ao empresariado. Partindo da análise sobre o início do estabelecimento da infraestrutura de transporte terrestre de São Paulo durante o período colonial, o autor avança na cronologia histórica ao discutir a origem e a implantação da Companhia Paulista, a politica e alegislação ferroviária, os Planos Nacionais de Viação e os diversos conflitos de interesse envolvendo o estado brasileiro, em comparação às outras ferrovias brasileiras, e as causas que a levam à estatização em 1961. Dialogando com diversas vertentes da historiografia nacional e internacional, este livro mostra a importância de fatores políticos que, somados às dificuldades de ordem técnico-econômica, são fortes, além de novas evidencias que ajudam a esclarecer porque em meados do século XX asferrovias perderam sua hegemonia no transporte de longas distancias diante da expansão de carros, ônibus e caminhões.

Dados Técnicos
Páginas: 328
Peso: 460g
ISBN: 9788579391590