Política e Classes Sociais no Brasil dos Anos 2000, livro de Armando Boito Jr.

Política e Classes Sociais no Brasil dos Anos 2000

editora: ALAMEDA
assunto:
Os artigos reunidos neste livro analisam a política brasileira na década de 2000, marcada, no plano do poder governamental, pela passagem dos governos FHC para os governos Lula. Os textos não tratam a atividade e as instituições políticas como umadimensão à parte da vida social; concebem-nas vinculadas aos interesses de classe presentes na economia e na sociedade brasileira. As análises contidas neste livro suscitam problemas políticos que interessam ao pensamento socialista e progressista brasileiro. A prática e o pensamento político dos socialistas brasileiros estiveram concentrados, em ... [Leia mais]
R$ 54,28
preço de capa: R$ 69,00
economia de: R$ 14,72 (21%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$18,09 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Os artigos reunidos neste livro analisam a política brasileira na década de 2000, marcada, no plano do poder governamental, pela passagem dos governos FHC para os governos Lula. Os textos não tratam a atividade e as instituições políticas como umadimensão à parte da vida social; concebem-nas vinculadas aos interesses de classe presentes na economia e na sociedade brasileira. As análises contidas neste livro suscitam problemas políticos que interessam ao pensamento socialista e progressista brasileiro. A prática e o pensamento político dos socialistas brasileiros estiveram concentrados, em cada época histórica, em certas tarefas e discussões. As décadas de 1950 e 1960 colocaram para os socialistas a questão da revolução; na década de 1970 e 1980, o que absorveu as energias do movimento operário e popular no Brasil foi a luta contra a ditadura militar; hoje, a luta e o debate giram em torno da questão do capitalismo neoliberal, ou, simplesmente, neoliberalismo, tratando da política edas lutas sociais na era neoliberal enquanto conflitos de classes. É claro, portanto, que esta obra tem muito a ver com a luta e o debate que concentram as energias dos socialistas hoje. Nas décadas neoliberais, tivemos algo mais que privatizações,abertura e desregulamentação. Uma onda de ideias e valores burgueses, imperialistas e reacionários envolveu o país e acabou por contaminar ou acuar parte do pensamento crítico nacional. Questões antigas, mas ainda candentes para a luta popular no Brasil, foram postas de lado. Não seria exagero afirmar que se formou um hiato na história do pensamento socialista e progressista brasileiro, separando a década de 1970 da década de 2000.

Dados Técnicos
Páginas: 429
Peso: 630g
ISBN: 9788579391507