Munícipes e Escabinos: Poder Local e Guerra de Restauração no Brasil Holandês (1630-1654), livro de Fernanda Trindade Luciani

Munícipes e Escabinos: Poder Local e Guerra de Restauração no Brasil Holandês (1630-1654)

editora: ALAMEDA
assunto:
Este livro investiga as formas de organização do poder local durante os 24 anos em que os holandeses dominaram as capitanias do Norte do Estado do Brasil (1630- 1654). Fernanda Trindade Luciani mostra nesta pesquisa inédita como, ao longo de tal período, não se verifica uma continuidade na administração local, mas ao contrário, existiu uma profunda ruptura administrativa. A investigação teve em vista a compreensão da estrutura e da dinâmica política das Câmaras Municipais da legislação portuguesa, mantidas até 1637, assim como das Câmaras de Escabinos (Kamers van Schepenen), criadas desde e... [Leia mais]
R$ 43,93
preço de capa: R$ 54,00
economia de: R$ 10,07 (19%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$14,64 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Este livro investiga as formas de organização do poder local durante os 24 anos em que os holandeses dominaram as capitanias do Norte do Estado do Brasil (1630- 1654). Fernanda Trindade Luciani mostra nesta pesquisa inédita como, ao longo de tal período, não se verifica uma continuidade na administração local, mas ao contrário, existiu uma profunda ruptura administrativa. A investigação teve em vista a compreensão da estrutura e da dinâmica política das Câmaras Municipais da legislação portuguesa, mantidas até 1637, assim como das Câmaras de Escabinos (Kamers van Schepenen), criadas desde então conforme as instruções da República das Províncias Unidas. Mas o objetivo do livro vai além ao abordar como tal transformação no poder local foi sentida pela elite açucareira e pelos moradores das capitanias conquistadas, relacionando esse contexto ao da reação luso-brasileira contra os invasores, a partir de 1645. A historiadora destaca, assim, o papel que as Câmaras Municipais exerceram nesseperíodo de guerra de Restauração (1645-1654). Desta forma, o trabalho insere-se em discussões mais amplas e críticas, por um lado, sobre a administração e poder no Império Português, sobretudo no que se refere às relações entre os poderes locais coloniais e o poder central da metrópole, e, por outro, a expansão comercial e territorial dos Países Baixos por meio de suas companhias de comércio no século XVII. Fernanda Trindade Luciani parte da análise do poder local no Brasil Holandês para entender os diferentes sistemas de dominação colonial, o português e o neerlandês, que se confrontaram nesse período e território.

Dados Técnicos
Páginas: 181
Peso: 300g
ISBN: 9788579390975