Internacionalização da Educação Superior, livro de Manolita Correia Lima | Fábio Betioli Contel

Internacionalização da Educação Superior

editora: ALAMEDA
assunto:
MANOLITA CORREIA LIMA e FÁBIO BETIOLI CONTEL interpretam este cenário de internacionalização da educação superior, a partir de dados e documentos, apontando para o crescente número de pessoas e de países nele envolvidos nos últimos anos. Os autoresdestacam, principalmente, o papel ativo ou passivo que os diferentes países desempenham na nova geopolítica do conhecimento, mostrando os benefícios, as perdas e os riscos a ela associados. Os pesquisadores constatam que da perspectiva do fluxo de estudantes, professores e pesquisadores, e do intercâmbio de conhecimento e ciência, há uma crescente... [Leia mais]
R$ 65,36
preço de capa: R$ 84,00
economia de: R$ 18,64 (22%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$21,79 sem juros.
Apenas 3 em estoque.
Descrição
MANOLITA CORREIA LIMA e FÁBIO BETIOLI CONTEL interpretam este cenário de internacionalização da educação superior, a partir de dados e documentos, apontando para o crescente número de pessoas e de países nele envolvidos nos últimos anos. Os autoresdestacam, principalmente, o papel ativo ou passivo que os diferentes países desempenham na nova geopolítica do conhecimento, mostrando os benefícios, as perdas e os riscos a ela associados. Os pesquisadores constatam que da perspectiva do fluxo de estudantes, professores e pesquisadores, e do intercâmbio de conhecimento e ciência, há uma crescente desigualdade entre os países centrais e anglofalantes (Estados Unidos Grã-Bretanha, Austrália, Canadá e outros), que utilizam a maior mobilidade dosatores acadêmicos em favor próprio, e os países periféricos. Estes, afirmam os autores, seguem a reboque do comando ativo dos países centrais, numa relação de subordinação, fornecendo cérebros, recursos financeiros, comprando produtos, consumindo serviços educacionais, pagando para que seus estudantes, professores, pesquisadores e administradores realizem cursos de formação de curta duração ou mesmo de graduação, mestrado, doutorado e pós-doutorado, em instituições localizadas nos países que integram o núcleo orgânico do capitalismo mundial. Como estes países já há alguns anos atingiram o estágio da pós-massificação da oferta de educação superior, tendo, portanto, um mercado interno cada vez mais limitado, os países situados na periferia passaram a representar um “atrativo mercado educacional”. Neste contexto, concluem os autores, a menos que seja desenvolvida uma internacionalização mais ativa por parte dos países pobres, estes terão grande dificuldade para implementar mudanças estruturais. Enquanto o atual modelo internacional continuar sendo mais controlado por órgãos como a Organização Mundial do Comércio (OMC) do que pela UNESCO ficará mais distante a utopia dos governos progressistas de transformar os indivíduos de cada nação

Dados Técnicos
Páginas: 534
Peso: 700g
ISBN: 9788579390678