Bahia no Século XVIII - Poder Político Local e Atividades Econômicas, A, livro de Avanete Pereira Sousa

Bahia no Século XVIII - Poder Político Local e Atividades Econômicas, A

editora: ALAMEDA
assunto:
A cidade de Salvador há muito vem sendo objeto privilegiado de estudos. Entretanto, a cidade que se tem investigado não é a Salvador contemporânea, característica das abordagens geográficas e sociológicas, nem a cidade do século XIX, marco da produção historiográfica baiana dos últimos vinte/trinta anos, mas a cidade colonial cujo apogeu político e econômico-administrativo foi alcançado no decorrer do século XVIII. O que desperta o interesse neste livro é a possibilidade de aprofundar a compreensão do papel estratégico da cidade e, de modo especial, da sua dinâmica interna e das relações en... [Leia mais]
R$ 47,50
preço de capa: R$ 59,00
economia de: R$ 11,50 (19%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$15,83 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
A cidade de Salvador há muito vem sendo objeto privilegiado de estudos. Entretanto, a cidade que se tem investigado não é a Salvador contemporânea, característica das abordagens geográficas e sociológicas, nem a cidade do século XIX, marco da produção historiográfica baiana dos últimos vinte/trinta anos, mas a cidade colonial cujo apogeu político e econômico-administrativo foi alcançado no decorrer do século XVIII. O que desperta o interesse neste livro é a possibilidade de aprofundar a compreensão do papel estratégico da cidade e, de modo especial, da sua dinâmica interna e das relações entre os seus corpos sociais, as instituições políticas locais e as funções econômicas que desempenhou no contexto global da estrutura colonial. Para isso, tomou-se como foco de análise o Senado da Câmara na tentativa de observar os mecanismos operantes da lógica do poder local na cidade a partir de uma de suas instituições político-administrativas basilares. As câmaras, enquanto poderes locais citadinos foram, durante quase três séculos, os únicos organismos responsáveis pelo funcionamento administrativo das cidades e vilas do Império português, mantendo, por conta disto, uma relação permanente de diretividade, mediação e troca com instânciassuperiores do Estado e com a população local. Assim, o estudo do poder municipal e de sua articulação com a vida econômica e social da cidade e de seus moradores, é de extrema relevância para a compreensão de aspectos fundamentais da História do Brasil.

Dados Técnicos
Peso: 300g
ISBN: 9788579390661