Sobre a questão judaica, livro de Karl Marx

Sobre a questão judaica

editora: BOITEMPO
Em um de seus mais notáveis livros, Sobre a questão judaica, Karl Marx realiza reflexões sobre as condições dos judeus alemães em meados do século XIX e estabelece propostas para a solução de suas questões concretas. Mais do que a análise de uma conjuntura específica, esta obra traduz a passagem definitiva de Marx para o materialismo histórico e o comunismo, se tornando assim uma leitura fundamental para a apropriação de seu legado.

Neste ensaio, Marx critica a teorização sobre a tentativa de emancipação política por parte dos judeus na Prússia realizada em dois estudos de aut... [Leia mais]
R$ 31,07
preço de capa: R$ 36,00
economia de: R$ 4,93 (14%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$10,36 sem juros.
Em estoque.
Descrição
Em um de seus mais notáveis livros, Sobre a questão judaica, Karl Marx realiza reflexões sobre as condições dos judeus alemães em meados do século XIX e estabelece propostas para a solução de suas questões concretas. Mais do que a análise de uma conjuntura específica, esta obra traduz a passagem definitiva de Marx para o materialismo histórico e o comunismo, se tornando assim uma leitura fundamental para a apropriação de seu legado.

Neste ensaio, Marx critica a teorização sobre a tentativa de emancipação política por parte dos judeus na Prússia realizada em dois estudos de autoria de outro jovem hegeliano, Bruno Bauer ? cuja produção serve de base para Marx realizar sua própria análise dos direitos liberais (os dois estudos de Bauer estão disponíveis no blog da Boitempo: www.boitempoeditorial.wordpress.com). Publicado em Paris no ano de 1844, no único número dos Anais Franco-Alemães, o texto reflete sobre a incapacidade de Hegel para resolver a questão da relação da sociedade civil burguesa com o Estado.

A obra marca, assim, um momento crucial da mudança intelectual e política de Marx que desembocaria na sua teorização sobre a luta de classes e a revolução permanente. O livro reúne ainda cartas trocadas por Marx e Arnold Ruge, publicadas nos Anais, além de um prefácio e um ensaio do filósofo francês Daniel Bensaid, recentemente falecido, que atualizam a discussão a respeito da ?questão judaica? e suas reflexões, discutindo com profundidade questões teóricas apontadas por Marx e também elucidando polêmicas, rejeitando por exemplo os vestígios de ?anti-semitismo? ou ?totalitarismo? encontrados por alguns nesta obra.

Sobre a Coleção Marx e Engels
Ao editar a Coleção Marx e Engels, a Boitempo desenvolve um trabalho de recuperação da obra de Karl Marx e Friedrich Engels, com novas traduções feitas diretamente do alemão e um aparato editorial que faz de seus livros uma referência para todos os interessados na obra marxiana.

Sobre autor do posfácio
Falecido em janeiro de 2010, Daniel Bensaïd era professor na Universidade de Paris VIII, e tem seu nome marcado na história como um dos principais líderes do movimento contestador de Maio de 1968. Foi um dos fundadores da Liga Comunista Revolucionária, partido francês que posteriormente compôs o Novo Partido Anticapitalista, do qual Bensaïd também participou da fundação. Escreveu diversos trabalhos políticos e filosóficos, pautando-se pela defesa de um marxismo aberto e renovado.

Ficha técnica

Título: Sobre a questão judaica
Autor: Karl Marx
Apresentação e posfácio: Daniel Bensaïd
Tradução do alemão: Nélio Schneider
Tradução do francês: Wanda Brant
Páginas: 144
Preço: R$ 30,00
Coleção Marx e Engels ? Boitempo Editorial




Dados Técnicos
Peso: 300g
ISBN: 9788575591444