Realidade e Ilusão em Machado de Assis, livro de José Aderaldo Castello

Realidade e Ilusão em Machado de Assis

editora: ATELIE
O professor José Aderaldo Castello dispensa apresentações, basta dizer que é autor do Movimento Academicista no Brasil, cuja pesquisa minuciosa e perspicaz também é vista neste livro, que ora ganha segunda edição. Minúcia que traz à tona aqui a distinção entre "rea lidade" e "ilusão", importante para se compreender a obra de Machado de Assis, seja ressaltando sua singularidade quanto às tendências coevas, seja esclarecendo um fundamento da composição de suas obras ficcionais. Para tanto, os preceitos de que Machado lança mão nos seus artigos são considerados válidos para a compreen são ... [Leia mais]
R$ 37,50
preço de capa: R$ 45,00
economia de: R$ 7,50 (17%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$12,50 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
O professor José Aderaldo Castello dispensa apresentações, basta dizer que é autor do Movimento Academicista no Brasil, cuja pesquisa minuciosa e perspicaz também é vista neste livro, que ora ganha segunda edição. Minúcia que traz à tona aqui a distinção entre "rea lidade" e "ilusão", importante para se compreender a obra de Machado de Assis, seja ressaltando sua singularidade quanto às tendências coevas, seja esclarecendo um fundamento da composição de suas obras ficcionais. Para tanto, os preceitos de que Machado lança mão nos seus artigos são considerados válidos para a compreen são da própria obra. Ler a obra com base na proposição que traça para si é garantir sua integridade. É a partir disso que o autor reafirma a literatura como arte que fornece suas próprias balizas, ainda que não prescinda de outras áreas do conhecimento, como, no caso, a ética. Desse modo, ressalta aqui a distinção entre a vida de indivíduos e os fundamentos, internos a uma arte, que regem a composição de personagens e da narrativa, a partir da teorização legada pelo próprio Machado de Assis. Assim, para o entendimento da ficção, elementos históricos e biográficos não são desprezados, mas importam se o texto os abarca. Resulta que a classificação da segunda fase dos romances como realista, ainda tão ensinada, torna-se descabida, haja vista as críticas a Eça de Queirós ou a J. M. de Macedo, onde lemos: "Se a missão do romancista fosse copiar os fatos, tais quais eles se dão na vida, a arte era uma coisa inútil; a memória substituiria a imaginação". É essa mesma imaginação a criadora de personagens fictícios, dotados, no entanto, de atitudes que se prestam à reflexão sobre a realidade. As finalidades éticas da caracterização dos personagens e da narrativa por eles protagonizada seriam, pois, o vínculo mais significativo que os romances de Machado manteriam entre ilusão e realidade, vínculo que podemos encontrar na poesia antiga, por exemplo, também estudada pelo autor deste livro, que muito se dedicou à literatura de matriz clássica. Trata-se aqui de perspicaz leitura da obra, e não de aplicação de um aparato alheio a seus fundamentos. Realidade & Ilusão em Machado de Assis é uma das melhores portas para se adentrar no universo machadiano. - Aristóteles Angheben Predebon

Dados Técnicos
Peso: 258g
ISBN: 9788574804101