Exílio – As Histórias da Grande Peste, livro de Samuel Reibscheid

Exílio – As Histórias da Grande Peste

editora: ATELIE
As narrativas do médico e escritor Samuel Reibscheid viram a realidade pelo avesso, reinventando-a com imaginação, humor e uma forte dose de crítica indignada. Afinal, de que "peste" nos fala seu terceiro livro, Exílio? Seria a mercantilização do sistema de saúde do país, o abandono dos pacientes mais pobres à própria sorte, a disputa selvagem de grandes laboratórios químicos por patentes milionárias, a proliferação de doenças associadas às condições subumanas de existência, o descaso do Estado? Caberá ao leitor juntar as peças desse astuto quebra-cabeça, montado para revelar o lado pervers... [Leia mais]
R$ 36,07
preço de capa: R$ 43,00
economia de: R$ 6,93 (16%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$12,02 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
As narrativas do médico e escritor Samuel Reibscheid viram a realidade pelo avesso, reinventando-a com imaginação, humor e uma forte dose de crítica indignada. Afinal, de que "peste" nos fala seu terceiro livro, Exílio? Seria a mercantilização do sistema de saúde do país, o abandono dos pacientes mais pobres à própria sorte, a disputa selvagem de grandes laboratórios químicos por patentes milionárias, a proliferação de doenças associadas às condições subumanas de existência, o descaso do Estado? Caberá ao leitor juntar as peças desse astuto quebra-cabeça, montado para revelar o lado perverso dos mecanismos sociais, com suas hipocrisias e seu marketing deslavado. Nesse cenário sombrio, Carandiru e Birkenau se confundem, como imagens que se refletem num espelho de horrores. Como no clássico A Peste, de Albert Camus, Reibscheid cria uma perturbadora alegoria para falar do momento presente, não só a respeito da área que conhece bem, como profissional experiente, mas também da violência urbana, da corrupção política, enfim, de um processo de degradação que se espalha pelo tecido da sociedade e contamina as relações pessoais, os projetos de vida e os ideais de qualquer cidadão. Ao personagem-narrador, o Dr. Reiba, resta a fuga da urbe insana, o exílio e o mergulho na memória. Um duplo exílio, portanto, neste resgate do tempo perdido e de experiências boas no passado que se tornaram miragem.Samuel Reibscheid é cidadão paulistano e médico radiologista. Escreveu inúmeros trabalhos e livros sobre sua especialidade. Este é seu terceiro livro no campo da ficção. Pela Ateliê publicou também Memorial de um Herege.

Dados Técnicos
Peso: 234g
ISBN: 9788574803647