Corrupção (18 Contos), livro de Rodrigo Penteado (org.)

Corrupção (18 Contos)

editora: ATELIE
Essa obra é um projeto conjunto entre Ateliê Editorial e Transparência Brasil, ONG comprometida com o combate à corrupção. Ligada à Transparency International (TI), a entidade mostra aqui uma nova iniciativa: explorar o universo da corrupção retratado em obras literárias.    Para isso, aqui estão selecionados contos de renomados autores clássicos e contemporâneos, dentre os quais se destacam Machado de Assis, Lima Barreto, Moacyr Scliar e Cristóvão Tezza. Alguns textos e trechos de obras já forma publicadas e há outros inéditos, permanecendo em todos a temática da corrupção muitas vezes ali... [Leia mais]
R$ 36,79
preço de capa: R$ 44,00
economia de: R$ 7,21 (16%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$12,26 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Essa obra é um projeto conjunto entre Ateliê Editorial e Transparência Brasil, ONG comprometida com o combate à corrupção. Ligada à Transparency International (TI), a entidade mostra aqui uma nova iniciativa: explorar o universo da corrupção retratado em obras literárias.    Para isso, aqui estão selecionados contos de renomados autores clássicos e contemporâneos, dentre os quais se destacam Machado de Assis, Lima Barreto, Moacyr Scliar e Cristóvão Tezza. Alguns textos e trechos de obras já forma publicadas e há outros inéditos, permanecendo em todos a temática da corrupção muitas vezes aliada à sexualidade, desvios de ordem existencial e conflitos modernos e antigos relacionados à cobiça humana.    Dentre os contos, a inovação na estrutura do texto é o trunfo de Nelson de Oliveira, com seu "Zen e a Arte de Bem Ocupar os Espaços Vazios": na rápida e informal linguagem dos e-mails, a história fragmentada se compõe em desencontros e ameaças entre criminosos. Destaque também para Carlos Eduardo Magalhães e seu inédito "Futuro": a "não-história" sobre se arrepender por ser ou não ser corrupto.    É Machado de Assis que encerra o livro com o politicamente incorreto "O Sermão do Diabo" e "Suje-se Gordo", em que psicologicamente analisa a agressividade do julgamento dos homens.    Longe de ser apenas uma obra de denúncia, essa antologia é uma amostra de como a literatura retrata a corrupção como um evento corrente da realidade brasileira.Rodrigo Penteado é bacharel em língua e literatura portuguesa pela USP. Publicou a novela Os Contos que as Fadas Não Contam e a miscelânea Um Mês Depois Ainda Existe Porém?. Pela Ateliê, publicou o romance Zé Ferino.

Dados Técnicos
Peso: 255g
ISBN: 9788574801414