A exposição das rosas - e A família Tóth, livro de István Örkény

A exposição das rosas - e A família Tóth

editora: EDITORA 34
Tradução de Aleksandar Jovanovic
Prefácio de Nelson Ascher

As duas novelas aqui reunidas oferecem uma oportunidade rara para o leitor brasileiro entrar em contato com a obra do escritor húngaro István Örkény (1912-1979), um dos mestres da sátira e do humor negro no século XX, em traduções realizadas diretamente do original.

Em "A família Tóth" - redigida em 1967 e logo adaptada para o teatro e para o cinema com grande sucesso -, um major com trauma de guerra tira alguns dias de licença em uma bucólica vila perto das montanhas. Com seus medos e manias, el... [Leia mais]
R$ 43,20
preço de capa: R$ 54,00
economia de: R$ 10,80 (20%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$14,40 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Tradução de Aleksandar Jovanovic
Prefácio de Nelson Ascher

As duas novelas aqui reunidas oferecem uma oportunidade rara para o leitor brasileiro entrar em contato com a obra do escritor húngaro István Örkény (1912-1979), um dos mestres da sátira e do humor negro no século XX, em traduções realizadas diretamente do original.

Em "A família Tóth" - redigida em 1967 e logo adaptada para o teatro e para o cinema com grande sucesso -, um major com trauma de guerra tira alguns dias de licença em uma bucólica vila perto das montanhas. Com seus medos e manias, ele passa a enlouquecer todos os membros da pacata família com quem se hospeda. O resultado é uma impagável sátira ao militarismo e à tirania, com um humor que lembra a irreverência surreal dos Irmãos Marx.

Já "A exposição das rosas", de 1977, é a última e mais conhecida novela do autor. Nela Örkény dá mostras de sua contundente capacidade visionária, ao narrar, como numa fábula pós-moderna, a história de um documentário em que doentes terminais têm sua morte gravada para exibição na televisão estatal húngara.

Nestas histórias que combinam ironia, nonsense e um gosto singular pelo grotesco e o tragicômico, o que se revela, como bem assinalou Moacyr Scliar, "é a própria condição humana, em sua imensa fragilidade".

Dados Técnicos
Páginas: 208
Peso: 268g
ISBN: 9788573266306