Lívia e o cemitério africano, livro de Alberto Martins

Lívia e o cemitério africano

editora: EDITORA 34
Oito anos após sua estreia na ficção com A história dos ossos (Editora 34, 2005), Alberto Martins dá sequência a sua exploração do universo narrativo com o romance Lívia e o cemitério africano. Aqui, o narrador do livro precedente - agora um arquiteto formado, em crise com seu trabalho - se vê às voltas com o estranho adolescente que é seu sobrinho, a mãe que se encontra nos primeiros estágios de uma doença senil e a inquietante figura de Lívia, a namorada de seu falecido irmão, que, em meio a misteriosas ... [Leia mais]
R$ 39,00
preço de capa: R$ 49,00
economia de: R$ 10,00 (20%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$13,00 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Oito anos após sua estreia na ficção com A história dos ossos (Editora 34, 2005), Alberto Martins dá sequência a sua exploração do universo narrativo com o romance Lívia e o cemitério africano. Aqui, o narrador do livro precedente - agora um arquiteto formado, em crise com seu trabalho - se vê às voltas com o estranho adolescente que é seu sobrinho, a mãe que se encontra nos primeiros estágios de uma doença senil e a inquietante figura de Lívia, a namorada de seu falecido irmão, que, em meio a misteriosas viagens e um obscuro interesse por arqueologia, tanto ilumina como desorienta a trajetória do protagonista.

Fruto de uma prosa enxuta que lembra em muitos momentos a concisão de um poema, o livro se constrói por meio de capítulos curtos que ora se completam, ora se contrapõem bruscamente, criando, na passagem e no confronto entre eles, novas possibilidades de leitura. Função similar têm as dezesseis páginas de xilogravuras, inseridas pelo autor em momentos cruciais da narrativa. Nada disso, entretanto, obstrui a fluência do relato nem o interesse pelo destino de seus personagens. Cientes de que o vaivém das histórias, assim como nossas verdades mais entranhadas, não se deixa apreender por um movimento linear, estes se entregam saborosamente a passeios por desvios e estradinhas vicinais.

Nesse sentido, vale observar a atenção incomum dada à geografia nesse romance breve que, tendo como epicentro a cidade de São Paulo, articula a capital, as cidades à sua volta, a Baixada Santista, o litoral italiano, zonas da América do Sul e remotas localidades europeias. Relato tenso e cristalino, Lívia e o cemitério africano traça imprevistas correspondências no espaço e no tempo para construir, como escreve Chico Mattoso no texto de orelha, um livro fascinante e original, dotado de uma "capacidade quase infinita de sugestão".

Sobre o autor

Escritor e artista plástico, Alberto Martins nasceu em Santos, SP, 1958. Formou-se em Letras na USP em 1981, e nesse mesmo ano iniciou sua prática de gravura na ECA-USP. Como escritor publicou, entre outros, os livros Poemas (1990); Goeldi: história de horizonte (1995), que recebeu o Prêmio Jabuti; A floresta e o estrangeiro (2000); Cais (2002); A história dos ossos (2005), distinguido com o Prêmio Portugal Telecom de Literatura; A história de Biruta (2008); a peça Uma noite em cinco atos (2009) e Em trânsito (2010), menção honrosa no Prêmio Moacyr Scliar de Literatura. Em 2011 passou uma estadia no Bellagio Center, na Itália, para a conclusão do romance Lívia e o cemitério africano.

Dados Técnicos
Páginas: 160
Peso: 183g
ISBN: 9788573265217