O que os cegos estão sonhando? - com o Diário de Lili Jaffe (1944-1945), livro de Noemi Jaffe

O que os cegos estão sonhando? - com o Diário de Lili Jaffe (1944-1945)

editora: EDITORA 34
Em abril de 1945, cerca de um ano após ser presa pelos nazistas e enviada como prisioneira para Auschwitz, Lili Jaffe (cujo nome de solteira era Lili Stern) foi salva pela Cruz Vermelha e levada à Suécia. Lá, ela anotou num diário os principais acontecimentos por que havia passado: a captura pelos alemães, o cotidiano no campo, as transferências para outros locais de trabalho, mas também a experiência da libertação, a saudade dos pais e a redescoberta da feminilidade.

Esse diário - hoje depositado no Museu do Holocausto em Jerusalém e que, traduzido diretamente do sérvio, tem a... [Leia mais]
R$ 43,20
preço de capa: R$ 54,00
economia de: R$ 10,80 (20%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$14,40 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Em abril de 1945, cerca de um ano após ser presa pelos nazistas e enviada como prisioneira para Auschwitz, Lili Jaffe (cujo nome de solteira era Lili Stern) foi salva pela Cruz Vermelha e levada à Suécia. Lá, ela anotou num diário os principais acontecimentos por que havia passado: a captura pelos alemães, o cotidiano no campo, as transferências para outros locais de trabalho, mas também a experiência da libertação, a saudade dos pais e a redescoberta da feminilidade.

Esse diário - hoje depositado no Museu do Holocausto em Jerusalém e que, traduzido diretamente do sérvio, tem aqui sua primeira publicação mundial - foi o ponto de partida para este livro absolutamente incomum, escrito e organizado por Noemi Jaffe. Em O que os cegos estão sonhando?, três gerações de mulheres da mesma família se debruçam sobre o horror de Auschwitz, no impulso - tão imprescindível quanto vão - de, como observa Jeanne Marie Gagnebin, tecer um agasalho "contra a brutalidade do real".

Sobre a autora

Noemi Jaffe nasceu em São Paulo, em 1962. É escritora, doutora em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo e atua como crítica literária dos jornais Folha de S. Paulo e Valor Econômico, onde também mantém a coluna mensal "Leituras Amadoras". Em 2010, organizou o volume Melhores poemas, de Arnaldo Antunes. De sua autoria publicou, entre outros, os livros Todas as coisas pequenas (Hedra, 2005), Quando nada está acontecendo (Martins, 2011) e A verdadeira história do alfabeto (Companhia das Letras, 2012).

Dados Técnicos
Peso: 360g
ISBN: 9788573265026