Homens interessantes e outras histórias, livro de Nikolai Leskov

Homens interessantes e outras histórias

editora: EDITORA 34
Tradução de Noé Oliveira Policarpo Polli
Coleção Leste
328 p. - 14 x 21 cm
2012 - 1ª edição

Definido por Tolstói como "escritor do futuro", chamado de "mestre" por ninguém menos que Tchekhov, apontado por Walter Benjamin como exemplo de narrador e considerado por Górki o mais autêntico dos escritores russos, Nikolai Leskov (1831-1895) e sua importante obra permaneceram, porém - talvez justamente por esta última característica -, menos conhecidos mundo afora do que seus pares.

As set... [Leia mais]
R$ 49,64
preço de capa: R$ 62,00
economia de: R$ 12,36 (20%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$16,55 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Tradução de Noé Oliveira Policarpo Polli
Coleção Leste
328 p. - 14 x 21 cm
2012 - 1ª edição

Definido por Tolstói como "escritor do futuro", chamado de "mestre" por ninguém menos que Tchekhov, apontado por Walter Benjamin como exemplo de narrador e considerado por Górki o mais autêntico dos escritores russos, Nikolai Leskov (1831-1895) e sua importante obra permaneceram, porém - talvez justamente por esta última característica -, menos conhecidos mundo afora do que seus pares.

As sete histórias reunidas nesta coletânea, em esmerada tradução de Noé Oliveira Policarpo Polli, abarcam as principais facetas da produção do autor: o motivo natalino ("A fera"), a figura do justo ("O papão") e os contos desenvolvidos a partir de acontecimentos de sua época ("A sentinela") - todas profundamente enraizadas no solo russo, em suas tradições, linguagens e figuras humanas. Arrematando o volume - a primeira reunião de contos de Leskov lançada no país, juntamente com A fraude e outras histórias -, o leitor encontrará um alentado ensaio de autoria do tradutor, que, para além do recorte biográfico e interpretativo, versa sobre as peculiaridades do estilo leskoviano e os desafios de sua tradução.

Sobre o autor

Nikolai Semeónovitch Leskov nasceu em 1831 no povoado de Gorókhovo, província de Oriol, às margens do Volga, na Rússia, em uma família de membros do clero. Seu pai era funcionário público, e a certa altura mudou-se com toda a família para o campo. Após frequentar o colégio local, Leskov foi trabalhar, aos quinze anos de idade, como escrivão no Palácio da Justiça de Oriol, transferindo-se depois para Kíev, onde trabalha no Fisco. Oito anos depois deixa o emprego e passa a trabalhar como ajudante de administrador de fazenda, viajando sem cessar pelo interior da Rússia, conhecendo lugares e gentes das mais diferentes espécies e adquirindo uma experiência que estará presente em todos os seus livros. Mestre da narrativa (Walter Benjamin lhe dedicaria o célebre estudo "O narrador", de 1938), Leskov produziu uma obra vasta, mas foi predominantemente contista e novelista. É autor de dois romances - A lugar nenhum (1864) e Na ponta da faca (1871) -, e de obras-primas da novela e do conto como O peregrino encantado (1873), O canhoto vesgo de Tula e a pulga de aço (1881) e Lady Macbeth do distrito de Mtzensk (1865). Faleceu em 1895, em Petersburgo.

Sobre o tradutor

Noé Oliveira Policarpo Polli possui graduação em Matemática pela Universidade de São Paulo e doutorado em Literatura Russa pela Universidade Estatal de Moscou. Atualmente é professor de língua e literatura russas na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Publicou diversos artigos em revistas acadêmicas, além de traduções, como a coletânea O bracelete de granadas, de Aleksandr Kuprin (Globo, 2006) e os contos "Neve", de Konstantin Paustóvski, e "Viagem com um niilista", de Nikolai Leskov, que integram a Nova antologia do conto russo (1792-1998) (Editora 34, 2011).

Dados Técnicos
Peso: 410g
ISBN: 9788573264975