Sangüínea, livro de Fabiano Calixto

Sangüínea

editora: EDITORA 34
assunto:
Em Sangüínea, Fabiano Calixto aposta na variedade de registros, na profusão de tons e de cores. Em "A canção do vendedor de pipocas", que abre o livro, o poeta se move em uma paisagem urbana e divaga em versos tão prosaicos quanto eficazes: "imagino que as canções de Bob Dylan/ existam para nos fazer suportar dias/ como este". Já em "Elefante de sândalo", ao contrário, encontramos um sujeito atento a "passos, entorpecidos pelo cinzel" e desejoso de "escalar os patamares da beleza". Mas como nota Marcos Siscar, que assina o posfácio, "em nenhum momento [...] essa variedade significa para Cal... [Leia mais]
R$ 31,20
preço de capa: R$ 39,00
economia de: R$ 7,80 (20%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$10,40 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Em Sangüínea, Fabiano Calixto aposta na variedade de registros, na profusão de tons e de cores. Em "A canção do vendedor de pipocas", que abre o livro, o poeta se move em uma paisagem urbana e divaga em versos tão prosaicos quanto eficazes: "imagino que as canções de Bob Dylan/ existam para nos fazer suportar dias/ como este". Já em "Elefante de sândalo", ao contrário, encontramos um sujeito atento a "passos, entorpecidos pelo cinzel" e desejoso de "escalar os patamares da beleza". Mas como nota Marcos Siscar, que assina o posfácio, "em nenhum momento [...] essa variedade significa para Calixto uma abdicação da forma". Talento camaleônico, Fabiano tira sua força da própria diversidade.

Também merecem destaque a lírica amorosa de Sangüínea, que conta com o belíssimo "Um poema para ela", e a seção "Caixa de saída", em que Calixto envia poemas-emails para Oswald de Andrade e Torquato Neto, entre outros — "sempre buscando o belo e o amaro", como observa Carlito Azevedo, no texto de orelha.

Dados Técnicos
Peso: 129g
ISBN: 9788573263879