Somos pedras que se consomem, livro de Raimundo Carrero

Somos pedras que se consomem

editora: ILUMINURAS
assunto:
Décimo livro publicado, esse romance do escritor pernambucano é sucesso de crítica e de público. Dele disse o escritor Ignácio de Loyola Brandão: “Incestos, traições, sadismo, masoquismo, sexo, sexo, sexo, coxas molhadas, pênis artificiais, lesbianismo, homossexualismo, hetero, masturbações. Amor, solidão, ternura, poesia. Carrero me lembra Henry Miller com muito mais violência”. Prêmio Machado de Assis.
Descrição
Décimo livro publicado, esse romance do escritor pernambucano é sucesso de crítica e de público. Dele disse o escritor Ignácio de Loyola Brandão: “Incestos, traições, sadismo, masoquismo, sexo, sexo, sexo, coxas molhadas, pênis artificiais, lesbianismo, homossexualismo, hetero, masturbações. Amor, solidão, ternura, poesia. Carrero me lembra Henry Miller com muito mais violência”. Prêmio Machado de Assis.

Dados Técnicos
Peso: 238g
ISBN: 9788573210095