Tristes trópicos, livro de Claude Lévi-Strauss

Tristes trópicos

Tradução: Rosa Freire d'Aguiar

Tristes trópicos: neste título já se condensa toda a beleza de uma obra magistral. Inclassificável em sua grandeza humana. Narrativa de viagem ou ensaio de ciência? Em sua prosa poética, melancólica, irônica, Claude Lévi-Strauss desloca parâmetros consagrados, questionando ao mesmo tempo viajantes e cientistas. Sua imaginação criadora nunca abre mão da reflexão lógica mais rigorosa.

O Brasil que aqui se revela está muito além da provinciana cidade de São Paulo. Pois o mundo perdido dos cadiueu, dos bororo, dos nambiquara e dos tupi-ca... [Leia mais]
Descrição
Tradução: Rosa Freire d'Aguiar

Tristes trópicos: neste título já se condensa toda a beleza de uma obra magistral. Inclassificável em sua grandeza humana. Narrativa de viagem ou ensaio de ciência? Em sua prosa poética, melancólica, irônica, Claude Lévi-Strauss desloca parâmetros consagrados, questionando ao mesmo tempo viajantes e cientistas. Sua imaginação criadora nunca abre mão da reflexão lógica mais rigorosa.

O Brasil que aqui se revela está muito além da provinciana cidade de São Paulo. Pois o mundo perdido dos cadiueu, dos bororo, dos nambiquara e dos tupi-cavaíba tem seus próprios estilos e linguagens. Somos ainda humanos o bastante para compreendê-los?

É essa pergunta que faz de Tristes trópicos não só um clássico da etnologia e dos "estudos brasileiros", mas uma obra universal, sem fronteiras, sobre a crise do processo civilizatório na modernidade.

Sobre o autor

Nascido em Bruxelas, na Bélgica, em 1908, Claude Lévi-Strauss é o criador da antropologia estrutural e um dos maiores nomes das ciências sociais no século XX. Estudou direito e filosofia em Paris. Residiu no Brasil entre 1935 e 1939, como membro da missão universitária francesa que colaborou para a criação da USP. O interesse pela etnologia levou-o a viajar pelo interior do país, e parte importante de sua obra advém do contato com o indígena americano. Na Segunda Guerra, exilou-se nos EUA, como professor da New School for Social Research (NY). De volta à França, foi professor da École des Hautes Études en Sciences Sociales e membro do Collège de France e da Académie Française. Morreu em novembro de 2009, aos cem anos.

Dados Técnicos
Peso: 759g
ISBN: 9788571645707