Um ironismo como outro qualquer. A ironia na poesia de José Paulo Paes, livro de João Carlos Biella

Um ironismo como outro qualquer. A ironia na poesia de José Paulo Paes

editora: UNESP
José Paulo Paes entrou para a literatura com a chamada Geração de 1945, grupo em que ele aparece como exceção: se, nesse período, houve abandono da prática experimental dos modernistas e dos instrumentos e gêneros que lhes eram caros, como a ironia, o humor, a piada, a sátira e a paródia, o discurso poético de Paes configura-se por modos considerados não sérios, descrevendo com intensidade seu próprio tempo histórico. Este livro analisa a recepção crítica da obra poética e, de modo fulcral, a forma como se apresenta o princípio-corrosão da poética paesiana, articulado com o humor e a ironia... [Leia mais]
R$ 34,00
preço de capa: R$ 38,00
economia de: R$ 4,00 (11%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$11,33 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
José Paulo Paes entrou para a literatura com a chamada Geração de 1945, grupo em que ele aparece como exceção: se, nesse período, houve abandono da prática experimental dos modernistas e dos instrumentos e gêneros que lhes eram caros, como a ironia, o humor, a piada, a sátira e a paródia, o discurso poético de Paes configura-se por modos considerados não sérios, descrevendo com intensidade seu próprio tempo histórico. Este livro analisa a recepção crítica da obra poética e, de modo fulcral, a forma como se apresenta o princípio-corrosão da poética paesiana, articulado com o humor e a ironia, como elementos importantes de um possível projeto satírico do autor. À luz dos estudos de Richard Rorty e de Northrop Frye, o autor desta obra defende que a ironia e o humor, como cúmplices, garantem aos versos de José Paulo Paes uma qualidade estética ímpar, que rearranja o mundo por meio de seu próprio jogo de linguagem ou por seu esforço de autocriação.

Dados Técnicos
Páginas: 168
Peso: 190g
ISBN: 9788571398061