Processo de industrialização da zona colonial italiana, livro de Vania Beatriz M. Herédia

Processo de industrialização da zona colonial italiana

editora: EDUCS
A indústria têxtil na zona de colonização italiana do Rio Grande do Sul foi um modelo exitoso por ser uma das primeiras grandes indústrias da região. Sua história remete a saga dos italianos que foram expulsos, no final do século XIX, da maior indústria de lã italiana, localizada na cidade de Schio, na Província de Vicenza. Devido a conflitos laborais, muitos operários daquela indústria foram obrigados a emigrar e escolheram o Brasil como destino. A história do Lanifício São Pedro, que tem origem sob a administração desses operários provindos de Schio, passa por diversas formas de administr... [Leia mais]
R$ 43,38
preço de capa: R$ 58,00
economia de: R$ 14,62 (25%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$14,46 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
A indústria têxtil na zona de colonização italiana do Rio Grande do Sul foi um modelo exitoso por ser uma das primeiras grandes indústrias da região. Sua história remete a saga dos italianos que foram expulsos, no final do século XIX, da maior indústria de lã italiana, localizada na cidade de Schio, na Província de Vicenza. Devido a conflitos laborais, muitos operários daquela indústria foram obrigados a emigrar e escolheram o Brasil como destino. A história do Lanifício São Pedro, que tem origem sob a administração desses operários provindos de Schio, passa por diversas formas de administração e no final do século XX, retorna ao domínio dos operários, sob forma de cooperativa. A trama que tece as relações costuradas nessa história evidencia a força da cultura fabril, do operariado étnico e do sentimento de pertença que os une e que está presente na memória coletiva.

Dados Técnicos
Peso: 0g
ISBN: 9788570618771