Atravessando fronteiras – Da guerrilha urbana na Alemanha ao trabalho comunitário nas favelas brasileiras, livro de Lutz Taufer

Atravessando fronteiras – Da guerrilha urbana na Alemanha ao trabalho comunitário nas favelas brasileiras

Este livro é um depoimento pessoal que desnuda uma época da História recente em que os conflitos, as disparidades e as injustiças tentavam ser resolvidas pela ação política direta. Nada do que aqui se conta, porém, tem o tom individualista da exaltação ou exibição.

Ao contrário, ao desnudar os grandes conflitos do século 20, Lutz Taufer se despe a si mesmo e narra realidades ocultas nas tragédias em busca do poder. E não só na revolta estudantil de 1968 – “quando desenterramos o passado” -, mas igualmente, anos antes, na “desnazificação” alemã, em grande parte comandada por ant... [Leia mais]
R$ 37,50
preço de capa: R$ 45,00
economia de: R$ 7,50 (17%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$12,50 sem juros.
Apenas 3 em estoque.
Descrição
Este livro é um depoimento pessoal que desnuda uma época da História recente em que os conflitos, as disparidades e as injustiças tentavam ser resolvidas pela ação política direta. Nada do que aqui se conta, porém, tem o tom individualista da exaltação ou exibição.

Ao contrário, ao desnudar os grandes conflitos do século 20, Lutz Taufer se despe a si mesmo e narra realidades ocultas nas tragédias em busca do poder. E não só na revolta estudantil de 1968 – “quando desenterramos o passado” -, mas igualmente, anos antes, na “desnazificação” alemã, em grande parte comandada por antigos nazistas.

Em 20 anos de preso político na Alemanha – mais de 18 dos quais em impiedoso isolamento total, sem conversar sequer com os carcereiros – só a memória e a dor o acompanharam. Daí nasceu o pensador que ele se revela agora, ao entender (e explicar) as pequenezes e grandezas do mundo e da vida.

As tragédias do século 20 surgem aqui não como drama narrado por um observador alheio aos fatos, mas – sim – por quem foi protagonista e vítima.

— Flávio Tavares, militou na esquerda, conheceu Che Guevara em 1961 e participou da luta armada contra a ditadura militar, tendo sido preso duas vezes.

Dados Técnicos
Páginas: 312
Peso: 486g
ISBN: 9788569536277