Quando Fui Morto em Cuba, livro de Roberto Drummond

Quando Fui Morto em Cuba

Um homem, uma mulher? Não importa: “Marta Rocha”, que um dia já foi jogador de futebol, vai a Cuba porque uma vidente previu que lá acontecerá uma transformação violenta em sua vida. A mesma história erótica deste travesti enlouquecido voltará em versão política. O início e o fim de uma colagem pop contínua, em forma de delírio e brincadeira com coisas muito sérias da história política e social brasileira. Cuba é um sonho e um pesadelo para os personagens do consagrado escritor mineiro Roberto Drummond. Neste livro de dezesseis histórias, organizado em dois tempos, como uma partida de futeb... [Leia mais]
R$ 25,36
preço de capa: R$ 28,00
economia de: R$ 2,64 (9%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$8,45 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
Um homem, uma mulher? Não importa: “Marta Rocha”, que um dia já foi jogador de futebol, vai a Cuba porque uma vidente previu que lá acontecerá uma transformação violenta em sua vida. A mesma história erótica deste travesti enlouquecido voltará em versão política. O início e o fim de uma colagem pop contínua, em forma de delírio e brincadeira com coisas muito sérias da história política e social brasileira. Cuba é um sonho e um pesadelo para os personagens do consagrado escritor mineiro Roberto Drummond. Neste livro de dezesseis histórias, organizado em dois tempos, como uma partida de futebol, e com um intervalo em que o assunto é a morte do craque Heleno de Freitas, ele trata de mortes reais e simbólicas, ressuscitando ícones do cinema como James Dean, Robert Taylor e Marilyn Monroe, e traduzindo agonias e desilusões, sempre com seu talento inegável para a construção de narrativas provocadoras que o marcaram como um dos maiores autores da literatura brasileira.

Dados Técnicos
Páginas: 208
Peso: 350g
ISBN: 9788561501686