Olhares cruzados sobre povos litorâneos de comunidades dos países de língua portuguesa, livro de Lourdes Gonçalves Furtado, Isolda Maciel da Silveira, Ivete Nascimento, Maria das Graças Santana da Silva, Denize Adrião, Emilia V. Noormahomed, Manuela Malheiro Ferreira, Maria Beatriz Rocha-Trindade, Natália Ramos (orgs.)

Olhares cruzados sobre povos litorâneos de comunidades dos países de língua portuguesa


R$ 58,90
preço de capa: R$ 60,00
economia de: R$ 1,10 (2%)
Apenas 3 em estoque.
Descrição
Os temas referem-se ao uso e gestão dos territórios e dos recursos naturais; as gentes e sua organização social; o diálogo intercultural e a transmissão de conhecimentos, que regem o nexo social interno e além das fronteiras. As áreas da pesquisa são comunidades haliêuticas de Sesimbra, Setúbal, Carrasqueira, Póvoa de Santa Iria, estuário do Rio Sado e Vila Chã – Freguesia do Porto (Portugal, regiões do Atlântico); Costa do Sol, Baía de Maputo, litoral de Pemba – capital da Província de Cabo Delgado (Moçambique, regiões do Índico). No Brasil, abrangem os municípios de Marapanim, Marudá, Curuçá, Salinópolis e Bragança, na Zona do Salgado, e áreas estuarinas como a orla de Belém e as ilhas circundantes, em especial, a Ilha do Combu. Além do uso e gestão dos territórios e dos recursos naturais, a publicação revela faces do diálogo intercultural e a transmissão de conhecimentos que regem o nexo social interno e além das fronteiras dos povos litorâneos falantes do português. A obra, que surgiu da necessidade de expandir os conhecimentos antropológicos sobre segmentos haliêuticos amazônicos, nasceu pela iniciativa de um projeto de Cooperação Internacional, iniciado em janeiro de 2008, que conta com equipes de três instituições referentes a cada país estudado: a Universidade do Lúrio (Moçambique), o Centro de Estudo das Migrações e das Relações Interculturais da Universidade Aberta (Portugal) e o Museu Paraense Emílio Goeldi – MPEG (Brasil). A pesquisa visou a divulgação dos mecanismos de uso e gestão de territórios e seus respectivos recursos naturais em comunidades pescadoras. O estudo investigou os impactos causados por fatores como expansão urbana e ocupação desordenada, a troca de experiências entre pesquisadores em compartilhamento com instituições comunitárias, além de consolidar ações de cooperação internacional.

Dados Técnicos
Páginas: 404
Peso: 639g
ISBN: 9788561377793
Google Books Preview