Gilberto Freyre no pós-guerra - Por um modelo alternativo de civilização, livro de Alex Gomes da Silva

Gilberto Freyre no pós-guerra - Por um modelo alternativo de civilização

editora: UNIFESP
Esta obra nos revela um Gilberto Freyre original, em aspectos pouco explorados pela tradição crítica desse autor. Baseado em sua construção da sociedade brasileira como tolerante, cristã e palco de relações harmoniosas, Freyre propõe o Brasil, no cenário das relações internacionais, como uma terceira força cultural, líder da civilização tropical, que poderia servir de exemplo de reconstrução a outras nações no período pós-Segunda Guerra. É em vista dessas ideias que ele foi indicado, em 1945, para o cargo de consultor da ONU para os problemas raciais entre brancos e negros na África do Sul.... [Leia mais]
R$ 38,00
preço de capa: R$ 49,90
economia de: R$ 11,90 (24%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$12,67 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
Esta obra nos revela um Gilberto Freyre original, em aspectos pouco explorados pela tradição crítica desse autor. Baseado em sua construção da sociedade brasileira como tolerante, cristã e palco de relações harmoniosas, Freyre propõe o Brasil, no cenário das relações internacionais, como uma terceira força cultural, líder da civilização tropical, que poderia servir de exemplo de reconstrução a outras nações no período pós-Segunda Guerra. É em vista dessas ideias que ele foi indicado, em 1945, para o cargo de consultor da ONU para os problemas raciais entre brancos e negros na África do Sul. Para analisar o papel deste sociólogo e de suas teorias no contexto do pós-guerra, Alex Gomes da Silva, de modo habilidoso, valendo-se de farta e qualitativa pesquisa documental, conduz os leitores, de modo crítico, pela trajetória desse intelectual, dos primórdios de sua formação – quando foi estudar nos Estados Unidos e constituiu suas premissas teóricas de modo muito próximo às ideias dos movimentos norte-americanos dos Agrarians, da New Poetry e do Southern Renaissance – até a elaboração mais consolidada de sua ideia da harmonia racial brasileira, calcada no iberismo, que, com seu catolicismo e humanismo cristão, propiciaria a integração – ao invés da segregação – racial. Nesse percurso, analisa-se também a presença do autor no exterior, que resultou no prestígio internacional que alcançou. Além de obra enriquecedora para a compreensão de como se criou e se alimentou a contestada ideia de que o brasileiro é um povo cordial, entre o qual impera a integração e a harmonia racial, temos aqui também um importante instrumento de desconstrução desse mito e de reflexão crítica sobre um tema bastante atual e em pauta: a democracia e as relações raciais na sociedade brasileira, no passado e no presente.

Dados Técnicos
Páginas: 312
Peso: 388g
ISBN: 9788555710452