Instrução Pública e Projeto Civilizador. O Século XVIII Como Intérprete da Ciência, da Infância e da Escola, livro de Boto Carlota

Instrução Pública e Projeto Civilizador. O Século XVIII Como Intérprete da Ciência, da Infância e da Escola

editora: UNESP
assunto:
A partir da análise do pensamento de três importantes figuras associadas à razão iluminista – os filósofos Condorcet e Rousseau e o estadista Marquês de Pombal –, Carlota Boto elabora uma análise aprofundada de como o ensino público se tornaria, no século XVIII, o veículo responsável por levar a razão, ou o esclarecimento, às massas. A autora investiga como a concepção iluminista de educação, tal qual formulada por Rousseau, deu origem a projetos de instrução pública distintos, ainda que com o mesmo objetivo: os sistemas de ensino francês e português, formulados, respectivamente, por Condor... [Leia mais]
R$ 60,00
preço de capa: R$ 76,00
economia de: R$ 16,00 (21%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$20,00 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
A partir da análise do pensamento de três importantes figuras associadas à razão iluminista – os filósofos Condorcet e Rousseau e o estadista Marquês de Pombal –, Carlota Boto elabora uma análise aprofundada de como o ensino público se tornaria, no século XVIII, o veículo responsável por levar a razão, ou o esclarecimento, às massas. A autora investiga como a concepção iluminista de educação, tal qual formulada por Rousseau, deu origem a projetos de instrução pública distintos, ainda que com o mesmo objetivo: os sistemas de ensino francês e português, formulados, respectivamente, por Condorcet e Pombal.

Dados Técnicos
Páginas: 432
Peso: 520g
ISBN: 9788539306879