Gregos Acreditavam em Seus Mitos, Os?: Ensaio Sobre a Imaginação Constituinte, livro de Paul Veyne

Gregos Acreditavam em Seus Mitos, Os?: Ensaio Sobre a Imaginação Constituinte


R$ 33,93
preço de capa: R$ 40,00
economia de: R$ 6,07 (15%)
editora: UNESP
Apenas 4 em estoque.
Descrição
Ao decidir estudar, a partir da crença dos gregos em seus mitos, a pluralidade das modalidades de crença – a crença no que os outros dizem, a crença por experiência própria –, Paul Veyne concluiu que, em vez de falar de crenças, deveria falar de verdades, elas próprias imaginações. “Nós não fazemos uma ideia errada das coisas: a verdade das coisas é que, através dos séculos, foi constituída de maneira peculiar”, escreve. Longe de ser a mais simples experiência realista, a verdade, diz o autor, é a experiência mais histórica de todas. Ele explica que as verdades relacionam-se a contextos culturais, e podem ser questionadas em outras esferas de cultura, diferentes. O olhar contemporâneo sobre o passado ilustra essa visão, pois costuma classificar a quase totalidade das produções anteriores como delírio e considerar como verdade, e muito provisoriamente, somente o que constitui o “último estado da ciência”. Veyne explica que seu interesse sobre verdades, justamente a partir da crença, não tem intenção de afirmar que a imaginação anuncia as futuras verdades e deveria estar no poder. E, sim, que as verdades já são imaginações “e a imaginação está no poder desde sempre; ela, e não a realidade, a razão ou o longo trabalho do negativo.”

Dados Técnicos
Páginas: 206
Peso: 281g
ISBN: 9788539305292
Google Books Preview