Introdução à Economia - Uma abordagem crítica, livro de Wilson Cano

Introdução à Economia - Uma abordagem crítica

editora: UNESP
assunto:
Concluída em 1996, esta obra de Wilson Cano chega agora a sua terceira edição pela Editora Unesp. Concebido em 1970 como material didático para se contrapor à ideologização e alienação que o regime militar tentava impor ao país naquele período, em especial por meio dos cursos de Economia, o texto, instigante, atual e acessível a todos os tipos de leitor, procura desmistificar a idéia de que Economia é um assunto estritamente técnico e só pode ser compreendido por especialistas.

Enquanto ensina como funciona o sistema econômico, abordando a produção e a distribuição de produto... [Leia mais]
R$ 48,21
preço de capa: R$ 66,00
economia de: R$ 17,79 (27%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$16,07 sem juros.
Apenas 2 em estoque.
Descrição
Concluída em 1996, esta obra de Wilson Cano chega agora a sua terceira edição pela Editora Unesp. Concebido em 1970 como material didático para se contrapor à ideologização e alienação que o regime militar tentava impor ao país naquele período, em especial por meio dos cursos de Economia, o texto, instigante, atual e acessível a todos os tipos de leitor, procura desmistificar a idéia de que Economia é um assunto estritamente técnico e só pode ser compreendido por especialistas.

Enquanto ensina como funciona o sistema econômico, abordando a produção e a distribuição de produtos e serviços, as relações entre os países, a distribuição de renda e a desigualdade social, entre outros tópicos, Cano faz uma crítica firme da economia brasileira no auge do crescimento econômico da década de 1970, a qual mantém e aprofunda em relação às décadas seguintes: “A duração e a dimensão da “crise da dívida” e o Pensamento Único neoliberal (...) causaram amplo embotamento à sociedade, fazendo-lhe perder a noção de desenvolvimento, de nação, de justiça, de ética e de violência”, escreve ele no prefácio à segunda edição. Em seguida, acrescenta que, no plano da Economia, passou a prevalecer no Brasil o curto prazismo, referindo-se, com esse termo, ao apego à discussão acerca de câmbio, preço e juro, em detrimento da reflexão sobre o longo prazo e a necessária mudança estrutural.

Sobre o autor

Wilson Cano é doutor em Ciências Econômicas e professor titular da Unicamp. Membro vitalício do Conselho Curador da Fundação Economia de Campinas e consultor da Fapesp, é autor de Desequilíbrios regionais e concentração industrial no Brasil e Soberania e política econômica na América Latina, entre vários outros títulos.

Dados Técnicos
Peso: 384g
ISBN: 9788539302284