Orientalismo (Edição de Bolso) - O Oriente como invenção do Ocidente, livro de Edward W. Said

Orientalismo (Edição de Bolso) - O Oriente como invenção do Ocidente

Tradução: Rosaura Eichenberg

Nas palavras do romancista Milton Hatoum, Orientalismo é "um ensaio erudito sobre um tema fascinante": como uma civilização fabrica ficções para entender as diversas culturas a seu redor. Para entender e para dominar. Neste livro de 1978, um clássico dos estudos culturais, Edward W. Said mostra que o "Oriente" não é um nome geográfico entre outros, mas uma invenção cultural e política do "Ocidente" que reúne as várias civilizações a leste da Europa sob o mesmo signo do exotismo e da inferioridade. Recorrendo a fontes e textos diversos - descrições de ... [Leia mais]
Descrição
Tradução: Rosaura Eichenberg

Nas palavras do romancista Milton Hatoum, Orientalismo é "um ensaio erudito sobre um tema fascinante": como uma civilização fabrica ficções para entender as diversas culturas a seu redor. Para entender e para dominar. Neste livro de 1978, um clássico dos estudos culturais, Edward W. Said mostra que o "Oriente" não é um nome geográfico entre outros, mas uma invenção cultural e política do "Ocidente" que reúne as várias civilizações a leste da Europa sob o mesmo signo do exotismo e da inferioridade. Recorrendo a fontes e textos diversos - descrições de viagens, tratados filológicos, poemas e peças, teses e gramáticas -, Said mostra os vínculos estreitos que uniram a construção dos impérios e a acumulação de um fantástico e problemático acervo de saberes e certezas européias. A investigação da origem e dos caminhos do Orientalismo como disciplina acadêmica, gosto literário e mentalidade dominadora, vai e volta do século XVIII aos dias de hoje, das traduções das Mil e uma noites à construção do canal de Suez, das viagens de Flaubert e "Lawrence da Arábia" às aventuras guerreiras de Napoleão no Egito ou dos Estados Unidos no golfo Pérsico. Um livro fascinante e indispensável.

Sobre o autor

Edward W. Said nasceu em 1935, em Jerusalém. Filho de árabes cristãos, foi educado no Cairo e, mais tarde, em Nova York, onde lecionou literatura na Universidade Columbia. Um dos mais importantes críticos literários e culturais dos Estados Unidos, Said escreveu dezenas de artigos e livros sobre a questão palestina. Morreu em 2003.

Dados Técnicos
Peso: 443g
ISBN: 9788535910452