MALDIÇÃO E GLÓRIA, livro de Carlos Maranhão

MALDIÇÃO E GLÓRIA


R$ 39,68
preço de capa: R$ 52,90
economia de: R$ 13,23 (25%)
Esgotado, mas podemos checar na editora o prazo para reimpressão e em 48h entramos em contato informando-lhe. Que tal? Deixe seu email:
  • Antonio Lizarraga: Quadrados em Quadrados "GANHADOR DO PRÊMIO JABUTI 2005", livro de SPITERI, Maria José

    Antonio Lizarraga: Quadrados em Quadrados "GANHADOR DO PRÊMIO JABUTI 2005"

    SPITERI, Maria José

    R$ 166,00
    R$ 136,12


  • Luise Weiss, livro de WEISS, Luise

    Luise Weiss

    WEISS, Luise

    R$ 70,00
    R$ 60,24


Descrição
Marcos Rey (1925-99) é dos poucos autores brasileiros genuinamente populares. Transitando à vontade entre a prosa adulta e a juvenil, ele vendeu mais de 5 milhões de exemplares e construiu uma obra de qualidade, profundamente enraizada na vida brasileira.

A carreira literária de Marcos Rey é repleta de glória, mas poucos sabem que, sob o seu nome verdadeiro, Edmundo Donato, ele viveu um drama pessoal dos mais violentos, que permaneceu oculto até a sua morte.

Marcos Rey era portador de hanseníase, doença conhecida até meados do século XX como lepra e que desde os tempos bíblicos carrega o estigma de maldição. A partir dos anos 30, a hanseníase passou a ser combatida com ferocidade pelas autoridades sanitárias paulistas, que internavam os doentes à força em sinistros leprosários.

Depois de uma denúncia anônima, em 1939 o jovem Edmundo foi recolhido por uma ambulância enquanto jogava bilhar no Centro de São Paulo. Começava um pesadelo que duraria seis longos anos, até sua última fuga do sanatório, em 1945, quando ele mergulharia de vez na vida literária e boêmia.

Se São Paulo já é uma personagem central na obra de Marcos Rey, em Maldição e glória a idade áurea da vida noturna na cidade ganha uma espécie de biografia, repleta de histórias e personagens saborosas, narrada com elegância por Carlos Maranhão, diretor de redação da revista Veja São Paulo. Era um tempo em que modernistas de 22 bebiam com os talentos nascentes da literatura, jovens atores e atrizes de teatro, estrelas do rádio e da novíssima televisão, em bares elegantes e inferninhos, salões de bilhar e bordéis, botecos e boates. Foi daí que Marcos tirou a matéria humana para produzir uma literatura "feita de gente", no dizer do escritor e amigo João Antônio, com quem ele compartilhava o fascínio pela cidade e suas personagens.


Dados Técnicos
Peso: 331g
ISBN: 9788535905168
Google Books Preview





A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.

Política de troca e devolução: produtos vendidos e enviados pela Livraria 30porcento podem ser devolvidos em até 30 dias após o recebimento do pedido. Para receber o reembolso total, os produtos devolvidos devem estar em condições de novo. Produtos com defeito podem ser devolvidos no prazo de garantia legal solicitados por email em até 30 dias.


Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> AUTONOMIA LITERÁRIA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUFPA
> EDUSP
> ELEFANTE
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann