As máscaras de Lélio - Política e humor nas crônicas de Machado de Assis (1883-1886), livro de Ana Flávia Cernic Ramos

As máscaras de Lélio - Política e humor nas crônicas de Machado de Assis (1883-1886)

editora: UNICAMP
Entre os anos de 1883 e 1886, Machado de Assis, sob o pseudônimo Lélio, escreveu 125 crônicas para a série humorística intitulada “Balas de Estalo”, publicada no jornal carioca Gazeta de Notícias. Machado integrava um grupo de mais de uma dezena de cronistas que diariamente se revezavam no ofício de comentar o cotidiano da política imperial em um exercício que chamavam de "balística inofensiva e doce”. Em meio a um contexto de grandes mudanças políticas, sociais e culturais, típicas dos anos 1880, Lélio e os outros narradores da série coletiva, através do humor, tentavam da... [Leia mais]
R$ 45,36
preço de capa: R$ 56,00
economia de: R$ 10,64 (19%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$15,12 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
Entre os anos de 1883 e 1886, Machado de Assis, sob o pseudônimo Lélio, escreveu 125 crônicas para a série humorística intitulada “Balas de Estalo”, publicada no jornal carioca Gazeta de Notícias. Machado integrava um grupo de mais de uma dezena de cronistas que diariamente se revezavam no ofício de comentar o cotidiano da política imperial em um exercício que chamavam de "balística inofensiva e doce”. Em meio a um contexto de grandes mudanças políticas, sociais e culturais, típicas dos anos 1880, Lélio e os outros narradores da série coletiva, através do humor, tentavam dar sentido a essas transformações na medida em que comentavam os acontecimentos do dia a dia. Em um minucioso trabalho de análise das crônicas, colocadas pela autora em interlocução com notícias de jornal, debates parlamentares e polêmicas literárias, o livro As máscaras de Lélio pretende compreender como o literato, em meio à indeterminação histórica, construiu um “personagem-narrador” para esses textos escritos “ao correr da pena” e como usou a literatura para discutir política, ciência e escravidão.

Dados Técnicos
Páginas: 408
Peso: 500g
ISBN: 9788526813502