Filosofia moral britânica - Textos do século XVIII, livro de Joseph Butler, Samuel Clarke, Francis Hutcheson, Bernard Mandeville, Lorde Shaftesbury, William Wollaston

Filosofia moral britânica - Textos do século XVIII

editora: UNICAMP
assunto:
Tradução de Álvaro Cabral.

Esta coletânea reúne — pela primeira vez em língua portuguesa e numa cuidadosa edição — textos fundamentais de filósofos britânicos do século XVIII. Autores como Bernard Mandeville, Francis Hutcheson, William Wollaston, Samuel Clarke, Joseph Butler e Lorde Shaftesbury são estratégicos para compreender a gênese e a inspiração de numerosas teorias filosóficas sobre os valores, a sociedade, a política, a organização da vida humana enfim. Os estudiosos de Rousseau, Kant, Diderot, Adam Smith, assim como das diversas correntes do liberalismo moderno e conte... [Leia mais]
R$ 42,50
preço de capa: R$ 58,00
economia de: R$ 15,50 (27%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$6,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$14,17 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
Tradução de Álvaro Cabral.

Esta coletânea reúne — pela primeira vez em língua portuguesa e numa cuidadosa edição — textos fundamentais de filósofos britânicos do século XVIII. Autores como Bernard Mandeville, Francis Hutcheson, William Wollaston, Samuel Clarke, Joseph Butler e Lorde Shaftesbury são estratégicos para compreender a gênese e a inspiração de numerosas teorias filosóficas sobre os valores, a sociedade, a política, a organização da vida humana enfim. Os estudiosos de Rousseau, Kant, Diderot, Adam Smith, assim como das diversas correntes do liberalismo moderno e contemporâneo, encontrarão nesta antologia fontes importantes para a reflexão e o ensino. Nestes discursos e ensaios desfilam, com desenvoltura, a virtude e o vício, as paixões e os méritos, as razões e os afetos, as formas do mal e do bem, do ético e do natural. Desse modo, o universo dos negócios humanos é submetido a matrizes analíticas que desde logo se revelariam extremamente influentes sobre a nossa cultura. Resguardadas as diferenças de estilo e doutrina, o leitor notará, nos pensadores aqui reunidos, a descoberta da subjetividade e a afirmação de sua relevância na construção da filosofia moral, esse campo de conhecimento que há alguns séculos constituía o berço daquilo que hoje chamamos de ciências humanas.

(Reginaldo C. Moraes)

Sobre os autores

JOSEPH BUTLER (1692-1752): Bispo anglicano e filósofo inglês, foi capelão chefe da mulher do rei George II, bispo de Bristol e de Durham. Seu trabalho Sermons on Human Nature é geralmente estudado como resposta à filosofia de Hobbes.
SAMUEL CLARKE (1675-1729): Filósofo inglês, educado na escola livre de Norwich e na Universidade de Cambridge.
FRANCIS HUTCHESON (1694-1746): Teólogo presbiteriano e filósofo irlandês de raízes escocesas. Ficou conhecido pelas suas teses sobre ética e por ter sido professor de Adam Smith.
BERNARD MANDEVILLE (1670-1733): Filósofo, economista político e satírico, nasceu na Holanda e passou a maior parte da vida na Inglaterra.
LORDE SHAFTESBURY (Anthony Ashley-Cooper, 1671- -1713): Político, escritor e filósofo inglês.
WILLIAM WOLLASTON (1659-1724): Filósofo inglês, escreveu sobre linguagem, filosofia, religião e história.

Dados Técnicos
Páginas: 288
Peso: 330g
ISBN: 9788526810464