O direito dos escravos - Lutas jurídicas e abolicionismo na província de São Paulo, livro de Elciene Azevedo

O direito dos escravos - Lutas jurídicas e abolicionismo na província de São Paulo


R$ 33,88
preço de capa: R$ 44,00
economia de: R$ 10,12 (23%)
estoque: 2 exemplares
   adicionar ao carrinho
editora: UNICAMP
assunto:
condição: Livro novo
prazo: Envio em 1 dia útil + frete
  • Orfeu de Carapinha - A trajetória de Luiz Gama na imperial cidade de São Paulo, livro de Elciene Azevedo

    Orfeu de Carapinha - A trajetória de Luiz Gama na imperial cidade de São Paulo

    Elciene Azevedo

    R$ 44,00
    R$ 33,88


  • O artista da pá - Contos de Kolimá 3, livro de Varlam Chalámov

    O artista da pá - Contos de Kolimá 3

    Varlam Chalámov

    R$ 68,00
    R$ 52,36


  • A margem esquerda - Contos de Kolimá 2, livro de Varlam Chalámov

    A margem esquerda - Contos de Kolimá 2

    Varlam Chalámov

    R$ 59,00
    R$ 45,43


  • A guerra não tem rosto de mulher, livro de Svetlana Aleksiévitch

    A guerra não tem rosto de mulher

    Svetlana Aleksiévitch

    R$ 52,90
    R$ 39,68


  • O marxismo ocidental - como nasceu, como morreu, como pode renascer, livro de Domenico Losurdo

    O marxismo ocidental - como nasceu, como morreu, como pode renascer

    Domenico Losurdo

    R$ 49,00
    R$ 38,22


Descrição
O abolicionismo, importante movimento social no Brasil do século XIX, foi muitas vezes visto pela historiografia como resultante da ação de homens de sentimentos humanitários, que teriam tido a glória de resgatar os pobres negros do cativeiro. Na contramão dessa memória, este livro evidencia que, em São Paulo, se o abolicionismo ganhou força e substância a partir da atuação de juízes e advogados como Luiz Gama e Antonio Bento, suas principais características se devem ao contato direto desses homens com as expectativas e ações dos próprios escravos. Ao buscar os significados sociais que eles atribuíam ao direito e à lei, este livro questiona as interpretações tradicionais que dividem o abolicionismo paulista em uma fase “legalista” e outra “radical”. A análise de vasta documentação judiciária, da correspondência entre autoridades públicas e de jornais do período torna evidente que a escravaria, longe de estar isolada e acéfala nos eitos, dava, a seu modo, o tom e o argumento dos embates nos tribunais.

Dados Técnicos
Peso: 310g
ISBN: 9788526809048
Google Books Preview




A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.

Política de troca e devolução: produtos vendidos e enviados pela Livraria 30porcento podem ser devolvidos em até 30 dias após o recebimento do pedido. Para receber o reembolso total, os produtos devolvidos devem estar em condições de novo. Produtos com defeito podem ser devolvidos no prazo de garantia legal solicitados por email em até 30 dias.


Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> AUTONOMIA LITERÁRIA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUFPA
> EDUSP
> ELEFANTE
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann