Educação, contraideologia e cultura:  desafios e perspectivas, livro de Carlos Guilherme Mota

Educação, contraideologia e cultura: desafios e perspectivas

editora: GLOBO
assunto:
O historiador Carlos Guilherme Mota lança novo volume de suas obras reunidas, Educação, contraideologia e cultura: desafios e perspectivas, uma coletânea de importantes textos do autor, publicados na imprensa universitária e em jornais de grande circulação nacional entre 1974 (auge da ditadura militar) e 2009 (ápice da confusão contemporânea). O volume, terceiro da coleção de todas as suas publicações, conta ainda com o registro de uma conferência emblemática, dada no Instituto de Estudos Avançados: "Universidade: para além do neorrepublicanismo".

Carlos Guilherme Mota é um con... [Leia mais]
R$ 56,31
preço de capa: R$ 59,90
economia de: R$ 3,59 (6%)
Frete Grátis
para pedidos acima de R$99,00 ou frete fixo de R$5,90 para todo o Brasil.
Parcele
sua compra em 3x de R$18,77 sem juros.
Apenas 1 em estoque.
Descrição
O historiador Carlos Guilherme Mota lança novo volume de suas obras reunidas, Educação, contraideologia e cultura: desafios e perspectivas, uma coletânea de importantes textos do autor, publicados na imprensa universitária e em jornais de grande circulação nacional entre 1974 (auge da ditadura militar) e 2009 (ápice da confusão contemporânea). O volume, terceiro da coleção de todas as suas publicações, conta ainda com o registro de uma conferência emblemática, dada no Instituto de Estudos Avançados: "Universidade: para além do neorrepublicanismo".

Carlos Guilherme Mota é um conhecido e reconhecido historiador das mentalidades, cujo radar foi desviado dos grandes acontecimentos e dos grandes homens para a vida particular. Mais do que isso, Guilherme Mota é um "historiador da contemporaneidade", que busca no passado e no presente o caminho possível e necessário para reinventar o futuro do país. Caminho construído em três pilares: a educação, a cultura e a formação de uma sociedade civil moderna - tarefa histórica sempre adiada no Brasil, segundo o historiador.

A preocupação central do historiador sempre foi com a (im)possibilidade da formação de uma sociedade civil moderna a partir da educação, a grande questão política e histórica do país. Tema que este livro trata em cada texto apresentado por Guilherme Mota.

Nas palavras do próprio autor, "para os estudiosos de nossa história, em todas suas dimensões e especialidades, a tarefa inicial reside na rigorosa crítica ideológica da problemática educacional, embasada inescapavelmente na reflexão histórico-cultural mais arejada e abrangente. Papel decisivo e inegociável, muito discutido, porém sempre negligenciado neste país". Aliando textos mais centrados na conjuntura social brasileira a outros mais historicamente analíticos, Mota apresenta um abrangente quadro crítico tanto da política e da mentalidade ideológica nacional quanto de sua estrutura educacional, num país do futuro sempre adiado.

O AUTOR

Carlos Guilherme Mota é professor titular aposentado de História Contemporânea da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Foi o primeiro diretor do Instituto de Estudos Avançados da mesma universidade (1986-1988). Ex-professor visitante das Universidades de Londres, do Texas e da Escola de Altos Estudos de Paris (1985); Visiting Scholar da Universidade de Stanford (EUA), hoje é professor nos programas de pós-graduação em Educação, Arte e História da Cultura da Universidade Presbiteriana Mackenzie e no Serviço Social da PUC. É autor, entre outros, de Nordeste, 1817 e de Ideologia da cultura brasileira, além de coordenador das obras coletivas Brasil em perspectiva e 1822: dimensões. Em 2011, recebeu da Academia Brasileira de Letras o prêmio Machado de Assis pelo conjunto da obra.

Dados Técnicos
Peso: 599g
ISBN: 9788525049490