Confissão de uma assassino. Narrada em uma noite, livro de Joseph Roth

Confissão de uma assassino. Narrada em uma noite

editora: MUNDARÉU
Década de 1930. Numa noite, em um restaurante frequentado pelos muitos exilados russos então em Paris, o misterioso Golubtchik se põe a contar a alguns deles – boêmios predestinados, irrecuperáveis, desprovidos de qualquer glamour – sua história de colaboracionismo, dissimulação e assassinato nos anos que precederam a Primeira Guerra Mundial. Tal qual uma Sherazade da Volínia, Golubtchik conta histórias que perpassam vulnerabilidade social e aristocracia na Rússia czarista, a necessidade tão humana de reconhecimento, pacto fáustico, cinismo burocrático, amor e decepção, e assim, ao narrar a... [Leia mais]
Descrição
Década de 1930. Numa noite, em um restaurante frequentado pelos muitos exilados russos então em Paris, o misterioso Golubtchik se põe a contar a alguns deles – boêmios predestinados, irrecuperáveis, desprovidos de qualquer glamour – sua história de colaboracionismo, dissimulação e assassinato nos anos que precederam a Primeira Guerra Mundial. Tal qual uma Sherazade da Volínia, Golubtchik conta histórias que perpassam vulnerabilidade social e aristocracia na Rússia czarista, a necessidade tão humana de reconhecimento, pacto fáustico, cinismo burocrático, amor e decepção, e assim, ao narrar as peripécias de um agente da polícia secreta que queria ser príncipe, proporciona uma poderosa análise quanto à natureza humana e a constante ameaça do mal. Golubtchik começa logo dizendo que se importa apenas com os aspectos privados da vida e que se limita a almejar para si (e para mais ninguém) o que julga ser seu por direito, embora tenha passado a vida aferrado a sua classe e origem. Contudo, não importa onde esteja e o que queira, a história o alcançará. Em Roth, o destino é implacável e totalmente indiferente a suas pequenas personagens. Roth faz uma movimentada incursão no mundo dos serviços secretos, sem deixar de lado sua abordagem aguda e melancólica de reviravoltas históricas e questões morais.

Em um dos restaurantes parisienses preferidos pelos exilados da Revolução Russa de 1917, Golubtchik, um cliente de hábitos soturnos, brinda os últimos frequentadores da noite com uma história mirabolante de desdém, espionagem, traição, amor, despeito e, claro, assassinato. Roth faz uma sedutora e espirituosa incursão no romance noir sem abdicar de elementos tão característicos de sua prosa: o espaço literário no Leste Europeu, os tipos irremediavelmente desajustados, a riqueza de detalhes narrativos e a vulnerabilidade de suas personagens perante a história, a estrutura social e a ameaça do mal.

Dados Técnicos
Páginas: 160
Peso: 180g
ISBN: 9786587955001