Ideias e práticas políticas no Império Português (séculoss XVI a XIX), livro de Maria Fernanda Bicalho, Vera Lúcia Amaral Ferlini (Orgs.)

Ideias e práticas políticas no Império Português (séculoss XVI a XIX)


R$ 48,00
editora: ALAMEDA
assunto:
Esgotado, mas podemos checar na editora o prazo para reimpressão e em 48h entramos em contato informando-lhe. Que tal? Deixe seu email:
  • A margem esquerda - Contos de Kolimá 2, livro de Varlam Chalámov

    A margem esquerda - Contos de Kolimá 2

    Varlam Chalámov

    R$ 59,00
    R$ 48,38


  • O artista da pá - Contos de Kolimá 3, livro de Varlam Chalámov

    O artista da pá - Contos de Kolimá 3

    Varlam Chalámov

    R$ 68,00
    R$ 55,76


  • Do Socialismo Soviético ao Capitalismo Russo, livro de Lenina Pomeranz

    Do Socialismo Soviético ao Capitalismo Russo

    Lenina Pomeranz

    R$ 58,00
    R$ 47,56


  • Che Guevara e o debate econômico em Cuba, livro de Luis Bernardo Pericás

    Che Guevara e o debate econômico em Cuba

    Luis Bernardo Pericás

    R$ 59,00
    R$ 41,30


  • Um mundo sem guerras - A ideia de paz das promessas do passado às tragédias do presente, livro de Domenico Losurdo

    Um mundo sem guerras - A ideia de paz das promessas do passado às tragédias do presente

    Domenico Losurdo

    R$ 89,00
    R$ 72,98


  • Almanaque Brasilidades - Um inventário do Brasil popular, livro de Luiz Antonio Simas

    Almanaque Brasilidades - Um inventário do Brasil popular

    Luiz Antonio Simas

    R$ 55,00
    R$ 45,10


  • Drogas - A história do proibicionismo, livro de Henrique Carneiro

    Drogas - A história do proibicionismo

    Henrique Carneiro

    R$ 50,00
    R$ 44,10


Descrição
Este livro se propõe a discutir as redes de poder, parentesco, clientela e negócios que deram vida e dinâmica ao império português. As reflexões desenvolvidas aqui partem da certeza de que a história do período colonial ocupa posição central na reflexão sobre o Brasil e, assim, buscam analisar os vários níveis da administração imperial e local, as biografias de seus agentes e governantes, as representações, os discursos políticos e as trajetórias sociais que conferiram materialidade e governabilidade ao império português e ao Brasil independente. Em comum, possuem a valorização de características essenciais das sociedades ibéricas nos Tempos Modernos, sem nunca perder de vista a profunda singularidade da sociedade americana nos trópicos, marcada inexoravelmente pelo escravismo colonial.

O livro foi organizado em cinco partes, formando um todo que abarca diferentes perspectivas de análise. Os capítulos da primeira parte, intitulada Perspectivas Historiográficas, Elites e Governo do Império, discutem novas abordagens das relações de poder no império português e no mundo colonial. Neles, os nexos das políticas metropolitanas e das dinâmicas coloniais são enfatizados, fazendo com que a dualidade Brasil-Portugal, que orientou boa parte de nossa produção historiográfica, assuma outras dimensões, ao conectar-se com as demais regiões do ultramar lusitano.

Trajetórias Administrativas, Redes Mercantis e Conexões Imperiais, a segunda parte do volume, trata das redes de negócios, interesses, clientelas e parentesco que se forjaram, conectando diferentes domínios territoriais e distintos segmentos sociais ao longo do espaço-tempo imperial lusitano. Tais redes envolviam os mais diversos agentes: casas aristocráticas do reino, letrados e intelectuais da monarquia, oficiais de justiça, fazenda e guerra, negociantes e colonos principais da terra.

Já a terceira parte, Política, Letras e Razão de Estado, analisa os discursos, as práticas e as representações da sociedade e do poder na Europa e no Brasil, desde o século XVI, enquanto a quarta parte, Poderes Locais, Governança da Terra e Fronteiras do Império, desvenda, ao longo do século XVIII, a multiplicidade de estratégias de afirmação das elites coloniais e de exercício do poder, ou de poderes locais, em diferentes regiões da América portuguesa. Os capítulos da quinta e última parte, Idéias, Práticas Políticas e Movimentos de Contestação, incidem sobre diferentes movimentos de contestação, baseados em distintas concepções e estratégias políticas, protagonizados por segmentos sociais igualmente diferenciados.

Sobre as organizadoras

Maria Fernanda Bicalho é professora da Universidade Federal Fluminense e autora de A cidade e o império. Vera Lúcia Amaral Ferlini é professora do Departamento de História da Universidade de São Paulo, coordenadora da Cátedra Jaime Cortesão e autora de Terra, trabalho e poder e Civilização do açúcar.

Dados Técnicos
Peso: 651g
ISBN: 8598325163
Google Books Preview





A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.

Política de troca e devolução: produtos vendidos e enviados pela Livraria 30porcento podem ser devolvidos em até 30 dias após o recebimento do pedido. Para receber o reembolso total, os produtos devolvidos devem estar em condições de novo. Produtos com defeito podem ser devolvidos no prazo de garantia legal solicitados por email em até 30 dias.


Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> AUTONOMIA LITERÁRIA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUFPA
> EDUSP
> ELEFANTE
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann